À atenção dos saudosos do terrorismo de Estado

Quem acha que impressiona os que ponderam a desobediência civil, a acção directa e o movimento de massas, com o vídeo da ridícula conferência de imprensa das FP25, que teve lugar algures entre a descoberta da sida e a música dos anos 80, só pode padecer de um problema de memória ou de manifesta falta de civilidade. Fosse a ensaísta uma humanista e estaria sobretudo preocupada com o que anda a “democracia” norte-americana a fazer com o soldado Bradley Manning, sujeito sabe-se lá a quê…

Manning, a preciosa fonte da WikiLeaks, é apenas mais uma das vítimas do terrorismo de Estado e infelizmente não é um caso isolado.

Os EUA e os seus mais íntimos aliados, o Reino Unido e Israel, têm um percurso de terror insuperável. Na América Latina, em África, no Médio Oriente, na Ásia, mas também na Europa e nos EUA, a Scotland Yard, a Mossad e a CIA esculpiram a ferro e fogo as lápides de centenas de milhares de pessoas. Estes crimes, feitos às nossas custas e dotados da poderosa máquina de guerra dos Estados, não só nunca foram julgados como a história dos ainda vencedores tem tratado de os absolver.

Em poucas décadas de dominação, a troika do terror foi interprete de alguns dos maiores actos de terrorismo que a humanidade assistiu, boa parte deles orquestrados a partir do pentágono e feitos com o dinheiro dos impostos dos trabalhadores.

Cuba, Guatemala, El Salvador, República Dominicana, Colômbia, Chile, Egipto, Vietname, Palestina, Iraque, Afeganistão, Índia, Paquistão, Irão, são apenas algumas das nações que viram os talibãs da ditadura financeira virar a sua barbárie contra a sua civilização.

Porque foi a América Central e Latina a mais castigada e porque é sobretudo dos EUA que nos chegam os melhores rebates de consciência, ficam dois vídeos fundamentais para que a Helena Matos um dia consiga sair da Idade Média.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

15 respostas a À atenção dos saudosos do terrorismo de Estado

  1. Vítor Vieira diz:

    Para lá de uma discursata absurda sobre “ação direta”, que sempre que foi invocada só serviu para atrasar a evolução da sociedade e justificar a repressão policial sobre os progressistas (aqui e no reto do mundo), este artigo peca desde logo por uma falha evidente: tenta fazer crer que a foto “After” é do soldado Bradley Manning, quando afinal é do desordeiro Kenneth Bradley Manning (http://www.drumsnwhistles.com/2011/03/18/meet-the-other-kenneth-bradley-manning/). Se usamos a mentira para combater a mentira, perdemos. Se usamos a violência cega e absurda para combater a violência de Estado, perdemos. A violência não é, em si mesma, boa ou má: foi pela violência que nasceram a maior parte das actuais democracias. Foi necessário usar de violência para conter violentos. Mas foi uma violência dirigida, de massas, não de uns “iluminatti” que acharam que umas bombas aqui e ali, uma assassinato acolá, uns roubos nunca bem esclarecidos, podiam contribuir para que a massa da população avançasse na senda do progresso. Quer esses iluminados se chamasse LUAR, BR ou FP25, ou Baader-Meinhof, ou Rot Armee Fraktion, ou…

  2. Anónimo diz:

    “Os EUA e os seus mais íntimos aliados, o Reino Unido e Israel, têm um percurso de terror insuperável.”
    Não deixa de ter razão, mas a selectividade prejudica a sua argumentação.

    • Insuperável?
      ___Nada comparável à URSS/Stálin
      ___Uma brincadeira quanto sabemos o que se passou no IIIReich.
      Anonimo está cheio de razão: só peca por ter usado o termo *selectividade*
      em vez de *fanatismo/farisenismo* .

  3. Von diz:

    off topic (ou talvez não): no Islão…

    La policía de la región más conservadora de Indonesia (Aceh, la única del país donde está implantada la ley islámica) detuvo el sábado a 65 jóvenes punk en un concierto y los sometió a una “limpieza espiritual”, según declaró a la agencia AP el jefe de la policía local.

    Los agentes les raparon sus crestas con maquinillas de afeitar, les quitaron los piercing, les sacaron del cuello sus collares de perro y finalmente los desnudaron y bañaron a todos juntos. Así mismo, el jefe de la policía les entregó un cepillo de dientes a cada uno y les gritó: “¡Usadlo!”.

    (El País)

  4. Ainda por publicar (prometido para 2050?)
    os ficheiros da ex-KGB . . . esses realmente TENEBROSOS.

  5. Na Síria tanto a URSS (agora , para disfarçar , como Fegeração Russa) como a
    comunista China contribuem (com o veto na ONU) para assassínio de
    DEZENAS MILHARES de naturais . . .
    É NATURAL , dada a natureza da ideologia . . .

  6. O meu 1º Comentário de hoje já tem 3 horas,
    E AINDA ESTÁ À ESPERA PARA SER *APROVADO* . . .
    Só um espírito Pidesco pode admitir a CENSURA ao livre
    exercício da opinião. . .

  7. O meu 2º Comentário de hoje já tem 3 horas,
    E AINDA ESTÁ À ESPERA PARA SER *APROVADO* . . .
    Parece que a PIDE, afinal, ainda não foi EXTINTA . . .

  8. Somai agora___________ 7 horas !

Os comentários estão fechados.