AUSÊNCIA DE DÚVIDA PLAUSÍVEL! Provas cabais sobre a violência policial, os infiltrados e os PROVOCADORES, que já actuam no movimento, pelo menos, desde o dia 15 de Outubro. Com estas imagens, agora é Passos Coelho quem tem a palavra. Demite ou demite-se, Sr. Primeiro-ministro?

Recolhido na Manifestação do 15 de Outubro. Agora veja o que fazem no vídeo:

[Por TSOCM]

Não eram só infiltrados, o que já seria motivo para o Director da PSP pedir a demissão. Não eram só violentos, o que já seria motivo para o Ministro da Administração Interna seguir o seu caminho. SÃO PROVOCADORES e agora é Passos Coelho quem tem que responder pelos crimes cometidos.

As provas reunidas no vídeo acima, todas recolhidas a partir de imagens difundidas na televisão, serão usadas para levar a tribunal os únicos que merecem ser julgados e condenados: os agentes envolvidos, o Guedes da Silva, o Miguel Macedo e agora Passos Coelho, que devem sentar-se no banco dos réus.

Se as provas que foram apresentadas e compiladas já eram indiscutíveis, agora tornam-se ensurdecedoras. Na manifestação do dia 15 de Outubro, como na manifestação da greve geral, os factos ficam provados, desta feita com ainda mais clareza e com ainda mais gravidade.

Se a Justiça for cega e se juntar à Polícia ao Governo, está aberta a via rápida para que o monopólio da violência chegue ao fim. Será deles, por força de razão, toda a responsabilidade. É isso que procura Pedro Passos Coelho?

Sem consequências, haverá consequências.

Vê e partilha todas as provas divulgadas até ao momento, numa verdadeira reportagem realizada por TSOCM. Se o vídeo que se segue não é um furo jornalístico, com honras de abertura em todos os telejornais, não sei o que será. Terão as televisões a decência de difundirem o que já difundiram, agora dotado de inteligência? Ora vejam bem:

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , . Bookmark the permalink.

44 respostas a AUSÊNCIA DE DÚVIDA PLAUSÍVEL! Provas cabais sobre a violência policial, os infiltrados e os PROVOCADORES, que já actuam no movimento, pelo menos, desde o dia 15 de Outubro. Com estas imagens, agora é Passos Coelho quem tem a palavra. Demite ou demite-se, Sr. Primeiro-ministro?

  1. De diz:

    Parabéns:
    A responsabilização de quem tem a responsabilidade máxima

    Numa entrevista recentíssima, Passos Coelho disse uma daquelas frases feitas,tipo slogan,que habitualmente são usadas para os fins mediáticos que se impõem.
    Passos Coelho ao PÚBLICO: “Decido sozinho mas ouço todos os que são relevantes”

    Quem decidiu a utilização de provocadores, sr.primeiro-ministro?

  2. Chama-se a isto JORNALISMO (não deixa de ser curioso que o melhor – o único? – jornalismo está hoje fora dos jornais). Enfim, uma investigação necessária e complexa capaz de mudar a visão da maioria acerca de um processo histórico em curso. Parabéns, Renato!

  3. Tiago diz:

    Ficam todos incomodados por levarem uns tabefes da polícia. Mas desvalorizam por completo a repressão brutal que se exerce quotidianamente na Coreia do Norte, Irão, Síria e, em menor grau (mas, mesmo assim, num grau muito superior ao de Portugal), em Cuba.
    São os poços de coerência, estes esquerdalhos quasi-caviar.

    • Renato Teixeira diz:

      Ó Vasconcellos, quasi, caviar é a sua tia. Percebeu querido?

    • A.Silva diz:

      Tá-se mesmo a ver que o menino Tiago não fica nada incomodado se levar uns tabefes. Olhe, espero que tenha sorte!

    • DN diz:

      fdx que o Kim dá para tudo, até para justificar o banditismo da PSP! Entretanto reparo que o Assad eo Mahmoud subiram ao pódio do eixo do mal restando para os Castro um infame 4º lugar quasi-humilhante.

      Aliás, sempre que alguém começa qualquer discussão com o eixo do mal à cabeça, já se sabe que nada tem a dizer.

      Talvez a coerência do Tiago seja mais pertinente, pois sendo de direita, provavelmente apoia a maior confisco do estado aos contribuintes da nossa história. uma espécie de liberalismo-sino-soviético ou o raio, enfim

    • De diz:

      Peço desculpa desde já pelo comentário extenso que coloco.Mas a provocação (e ainda por cima repetida) sobre a “liberdade de opinião” a isso me obriga.

      Mais uma vez Tiago (ao que parece o Vasconcelos,já conhecido destas lides) salta com um comentário “apropriado” sobre os acontecimentos passados neste país à beira-mar plantado.
      Ou seja,salta para a Coreia do Norte,Irão, Síria, quiça Cuba.

      Já não consegue sequer respeitar um simulacro de democracia.Já nem sequer atende aos nossos preceitos constitucionais.Já nem ousa defender o injustificável.
      Atira para o lado.E com isto tenta desvalorizar o que é grave.E com isto “justifica” aquilo que é uma agressão básica.ilegítima,imoral,criminosa das nossas forças de segurança.E com isto tenta apagar a responsabilidade directa do órgão executivo nas ordens dadas.

      Aí está o busílis.O dedo apontado ao governo,a Macedo..mas também a Passos Coelho.
      Aí está o busílis.Coelho é a figura de proa de um governo obediente,servil,capado:
      obediente à troika,
      servil a Merkel e companhia,
      capado porque o é

      Coelho é a figura de proa de um governo restauracionista do poder do grande capital, de um governo revanchista em busca do ajuste de contas com tudo o que ainda cheire a Abril.
      Coelho é a figura de proa de um governo que se começa directamente a contestar a sua validade democrática,já que a sua eleição resultou já não só de promessas não cumpridas,como também de mentiras directas e comprováveis.
      Mais.Este governo está a levar por diante planos que comprometem a viabilidade futura da nossa nação.Maiorias conjunturais não têm a legitimidade para fazerem tábua rasa do nosso património, para rasgarem “contratos sociais”,para nos venderem por tuta e meia.E as coisas assumem foros de corrupção quando nas negociatas entre os mercadejadores e os “mercados” aparecem directamente envolvidas pessoas do próprio staff governamental e/ou dos partidos que o compõem.

      Ora agora as coisas aqui reveladas por um punhado de malta, que assume nas suas mãos a defesa da cidadania e da democracia, fez com que aquelas passassem para um patamar novo.
      Porque mais grave.
      Porque são as liberdades democráticas de expressão e informação a estarem em causa.
      E até prova em contrário,é o próprio governo o responsável por tal violação

      Daí o arrazoado de Vasconcelos e esta tentativa patética de escrever o que escreveu(secundado por outra figurinha, de nick Miguel)
      Tiago Vasconcelos serve-se dos exemplos que cita porque assim se serve do manancial de contra-informação sobre os países em causa.Poderia citar por exemplo as cenas de violência policial nos EUA…ou sobre o sexo feminino na Arábia Saudita ou sobre os palestinianos pelos soldados israelitas ou sobre os prisioneiros de abu-ghraib pela soldadesca das forças de ocupação americana.
      Nem isso.
      Até nos exemplos dados se mostra a “qualidade” desta gente, que mais não tem que estes patéticos comentários. para apoiar um governo desautorizado democraticamente.
      A democracia que se reivindica do respeito pelos direitos básicos dos cidadãos é isto?
      E os seus defensores são estes que defendem os “tais tabefes da polícia”?
      Até onde chegámos entre a corja que defende tal estado de coisas?
      Têm que se refugiar em frases batidas e agarrar-se à Coreia?
      Também quererão sofrer na pele as agressões violentas,os crimes,as violações,os estupros perpetrados pelas forças invasoras dos States e companhia?Em jeito de “lenitivo e justificação” pelo que se passa no nosso país neste ano de 2011?

      Ah esta “relatividade moral” que tenta tapar o cheiro fétido que se desprende da acção governativa da direita cacique,autoritária e sem pruridos
      Esta relatividade moral” que é usada desta forma nojenta pelos sequazes de tal poder

      Por agora basta.Também porque necessito de respirar ar menos poluído do que este fornecido por tais “comentadores”

    • MG diz:

      “… desvalorizam por completo a repressão brutal que se exerce quotidianamente na Coreia do Norte, Irão, Síria e, em menor grau (mas, mesmo assim, num grau muito superior ao de Portugal), em Cuba.”

      Isso é uma generalização completamente absurda. Como a maioria das generalizações.

      Este “esquerdalho” por aqui, repudia qualquer repressão nesses países com regimes totalitários e em outro qualquer país pseudo-democrático como se está a tornar o nosso. Não é por serem ditaduras “de esquerda” que vou desvalorizar a repressão. Totalitarismo é totalitarismo independentemente da “cor” no poder.

      Esse teu argumento é parecido com o utilizado na altura do Salazar, em que se dizia que o comunas comiam as criancinhas ao pequeno almoço. O que é que tem o BE ou o PCP a ver com regimes totalitários de outros países? É “o ridículo”.

      É o desconhecimento dos facto e das coisas, que leva a muita gente a ter a ideia errada sobre vários assuntos. Por outro lado é o medo, imposto pela propaganda do poder que faz com que muita gente pense assim. Olha por exemplo para o Chile quando lá puseram o Pinochet. Salvador Allende foi um homem de esquerda livremente eleito pelo povo. No entanto, os fascistas de Pinochet apoiado pelo governo americano, tomaram o poder com os mesmos argumentas que usas e instalaram uma ditadura. Pinochet foi dos ditadores mais brutais da America do Sul e criou aquilo que “dizia” que os “comunistas” de Allende iriam criar: Morte, medo e destruição. Ironia do destino ….

  4. Pedro Lourenço diz:

    o quarto poder transferiu-se para os blogues. excelente trabalho

  5. Marques diz:

    Muita coisa vai ter que mudar na próxima manifestação, organizem uma reunião para falar sobre novas formas de luta. Eu lá estarei.

  6. Antunes diz:

    Cuidado com esse “jornalismo de investigação”… Dos três indivíduos que estão a tentar retirar o manifestante de cima do Leão só um é polícia, o de cinzento, vi-o com o crachat bem visível, fora do polo.

    Os outros, pelo que pude perceber são amigos/conhecidos do “homem do Leão”.

    Perguntem ao protagonista (homem do Leão) antes de colocarem falsas verdades neste site.

    É que não vale tudo. As pessoas confiam no 5 Dias e depois saem comentários do género “chama-se a isto jornalismo” ou “o quarto poder transferiu-se para os blogues”.

    Abraços à malta do 5 dias, mas abraços de verdade… não fantasias.

  7. Rogério Maia diz:

    Antunes,

    Pode estar seguro que os outros não são nem amigos, nem conhecidos do activista do leão, são policias infiltrados que tentaram impedir uma acção directa contra as politicas do governo.
    Depois de falar com o de “cinzento” e de receber a a famosa “mochila” pode tentar desinformar quem o Sr entender porque as provas são claras e inequívocas.

    Abraço pra tasca.

    Roger rio

    • Renato Teixeira diz:

      Roger, seria interessante partilhares o que te disseram ‘os amigos’.
      Não pelo Antunes, que nada lhe vai fazer tirar as palas ou ter um rebate de memória. Abraço ao domador!

  8. CptJudas diz:

    oh Antunes, e tu será que também és “amigo” dos senhores do leão?? É que se assim for, já estou a ver o grupo a que fazes parte…tanto sítio na net..tsc tsc
    Olha e só para acabar, e para que te sintas como deves..o de cinzento no leão??? Fu##k me mate..onde é que vês um de cinzento?? esse é que deve ser teu amigo 🙂 O do polo azul que já lá está, (tal como noutras manifestações, ou em outros vídeos a fazer o trabalho à paisana “normal”), não precisaria ou aceitaria ajuda de civis como podes de certo compreender.. e olha poderia continuar muitos outros argumentos, aliás até me poderia de dar ao trabalho de te enviar algum material esclarecedor, mas como há a hipótese …. lol “os amigos do leão” sim parecem muito amigos indeed..ppff

  9. Pingback: A PSP faz a festa, lança os foguetes e recolhe as canas | Aventar

  10. Pingback: || Isto está tudo ligado | Total Blog

  11. kirk diz:

    caros, estive a ver o video e assaltam-me algumas dúvidas (e não será apenas amim):
    1/ os tais individuos estão a gritar realmente e mesmo a insultar, mas percebe-se que não sao os únicos, há mais malta nos insultos; e chamar filhos da puta e fascistas numa manif em que a raiva está ali á flor da pele não me parece nehuma provocação. Aliás, na manif da greve geral, pior que os insultos foram os objectos atirados do meio do pessoal.
    2/ depois não dá para ver se sao eles que atiram as grades ao chão, mas não me parece
    3/ na cena da estátua: lá estão os dois que anteriormente estavam junto ás grades; mas se sao policias á paisana e portanto nao pretenderão denunciar-se, que raio vao eles fazer acima da estátua, á vista de toda a gente e com câmaras a filmar, se podia lá ir um dos policias fardados? e ainda por cima sobem os dois (o da t-shirt preta e o da vermelha).
    Em sum, ou é possivel fazer uma identificação positiva que realmente mostre que os gajos são policias, ou então este video, quer-me parecer que vai servir de pouco.
    K

    • Renato Teixeira diz:

      Abanam grades, insultam e lançam palavras de ordem a instigar a polícia. Acusam-a de não ajudar um cidadão que cai ao chão com alegada bastonada. Os três tentam prender o cidadão do leão, que confirma que os não só o queriam prender como lhe apreenderam a mochila.

      São demasiados crimes para me dar ao trabalho de o enumerar.

      A PSP já assumiu que os agentes das fotos eram efectivos seus. A palavra está do seu lado outra vez.

  12. 10010101 diz:

    serei o unico achar que o gajo de tshirt preta parece um facho fardado do seguinte video:
    http://www.youtube.com/watch?v=T0QUotaRp5M ? (0:53)

  13. diz:

    [Zé Canelas, isso, para ser publicado, vai mesmo ter que ser provado. Envie. Terá honra de posta e tudo.RT]

  14. Rogério Maia diz:

    renato

    Creio que o mais relevante das duas conversas que tive com o sr de cinzento refere-se a uma passagem tipo ” temos de cumprir ordens das quais discordamos, como exemplo retirar à força os trabalhadores da TNC da frente do campus da justiça”…..não indo muito na conversa fiada do sr de cinzento creio que quem deve assumir responsabilidades são os animais que nos governam, neste caso em particular a besta do ministro da administração interna. Quanto ao resto, julgo ser importante dar alguma profundidade a atitude simbólica da tomada do leão, mais que protagonismo, profundidade na reflexão e na acção.

    Abraço

    Roger rio

  15. VITOR diz:

    Parabéns Renato, grande trabalho

  16. CptJudas diz:

    Kirkman
    Meu caro, essas dúvidas são normalíssimas, legítimas, no entanto há que abrir a pestana, a papinha não pode ser sempre toda feita pelos outros, yes?
    Então:
    1º- Tens toda a razão, há mais malta a gritar e a insultar, coisas de uma manifestação. Ora esta malta chama-se povo em manifestação pacífica (como sempre), onde começa a ter bastantes razões, caso já não as tenha, para deixar de o ser. O que me incomoda, são os outros, esses que esperam apenas encontrar um foco de tensão para que o possam exponenciar, levando assim a detenções “quase” planeadas por eles instigadas e\ou a cargas policiais completamente desajustadas e violentas. Esses, que num dia também eles genuinamente se manifestam por falta de condições e depois, num outro dia, viram robots inconscientes, cruéis e provocadores a mando daqueles que lhes roubam também o futuro dos seus próprios filhos. Há que ter consciência, e as escolhas trazem consequências..AGENTE À CIVIL diferente AGENTE À CIVIL PROVOCADOR..pois os objectos lançados, tanto quanto sei, bem que poderiam ter vindo de um cidadão mais descontrolado, ou de um agente provocador bem controlado!
    2º Ninguém disse que eram eles que atiravam as grades para o chão, apenas que as abanavam.(15out2011)
    3º Se estás à espera que a televisão te mostre os factos de forma a perceberes realmente o que se passa, e daí formar a tua opinião..espera sentado e opina para aí.. Nunca te esqueças que o tamanho das coisas está sempre relacionado com a perspectiva com que se vê.. Após, a história no leão, os dois homens sobem as escadas, ficando a conversar junto ao cordão policial, o seu disfarce numa manifestação com muita gente é sempre relativo, após a sua missão para as cameras nas grades, e da de polícias no leão, bem que podiam ter ido para outro lado, que continuariam a estar à civil..e possivelmente a provocar! A verdade, é que é bem visível os dois lados, o agente à civil provocador e depois o agente à civil assumido.
    4º Em relação à questão de para que é que isto vai servir…olha espero que pelo menos tenha servido para abrires os olhos, essa válvula no cérebro..semicerrada, e saíres da sombra confortável que é a ignorância meu amigo.
    Por fim, resta-me desejar a continuação de uma boa noite, e lembrar que Portugal é um país bastante pacífico em manifestações, e que violentos são os senhores que seguem as agendas que lhes são destinadas na íntegra, desde o mandante ao que bate. Governo e seus capangas.
    ps. acento no à e nos às..yes?

    • kirk diz:

      Judas, meu caro, sermos de esquerda (presumindo que Vc. o é, porque só me conheço a mim) obriga-nos a ter mais miolos que a policia e rsetante poder, certo? Assim deve deixar-se de tiradas pseudo-heroicas, e pôr o cranial a funcionar.
      Não basta afrirmarmos o quereremos para que as coisas se tornem realidade. Eu tb gostarei de ver os policias julgados e condenados e o seu comenadante idem. O que eu disse foi que o video deste post, por si só, é fraco para provar que se trata de policias á civil, p’cebe?
      K

      • CptJudas diz:

        Kirkas, olha meu, antes demais a história de sermos de esquerda… percebes Kirk, já não começas bem…estávamos a falar agentes provocadores e de como é cada vez mais importante e de relevo obter provas que eles existem, …se vais falar de esquerda e direita… Então deixa-me que te esclareça..já que me falas em pôr o “cranial” a funcionar (coisa que poderia dizer-te a ti também), A política em que votas, ou a religião em que acreditas, meu”amigo” não nos vai levar a lado algum que já não tenha levado, e nesta linha de pensamento (vê a história que corre nos livros,sr.erudito) Tenho-te a dizer, que apesar de ser apartidário ( já fui comunista s te agrada), respeito as opiniões no seu geral, agora, não mistures ideologias políticas enganadoras e baratas, usadas, obsoletas com o que acontece na realidade à sombra da direita, da esquerda ou do centro..estamos a falar de pessoas que subjugam países…esses tem como religião o dinheiro e o poder. ( e não me venhas rotular com mais títulos, não preciso)
        ..”sermos de esquerda.. obriga-nos a ter mais miolos que a policia e restante poder, certo?”.. ERRADO, não é por seres de esquerda que tens de ter mais miolos que ninguém homem, é por seres um ser humano que tem como objectivo evoluir em conhecimento e consciência, para que possa assim relacionar-se em harmonia com os outros, e com o que o rodeia…mas isso já tu deves saber..
        Em relação às tiradas “pseudo-heróicas”..lol..ainda não viste nada…e por este andar não vais ver, pois já te falei dessa válvula redutora, teimosa quase católica que te condiciona o cérebro. Mas neste campo cada um tem de tratar de si.
        O vídeo desse post, é o primeiro de muitos, onde noutras a qualidade e a acção captada, poderá eventualmente ser mais explícita.. Não fiques triste, eles virão.. De qualquer maneira, aqui entre nós, e para já sem tribunais à mistura..o vídeo é mais do que esclarecedor. E para provar que são polícias à paisana, basta serem confrontados e exigida a sua identificação oh carolo!!!
        Portanto Kirkman, em vês das bocas foleiras, vê lá se dás o teu contributo, o teu input positivo, pois ao invés está a estrada cheia, “p´cebe?”????

        • Gonçalo diz:

          Desculpem interromper a profícua conversa a meio, mas não posso deixar de ficar indiferente àquilo que me parece ser o calcanhar de Aquiles da esquerda em geral. A discussão e saudável troca de ideias que ao final de 2 parágrafos descamba na conversa meio tasqueira, devidamente enfeitada do vernáculo, e que em nada contribui para a análise e esclarecimento daquelas que são as dúvidas alheias (e note-se, dúvidas que também me parecem pertinentes). E que ao mesmo tempo em nada contribui para a unidade e o consenso à volta de temas que por si só não são de fácil consensualização. Lembremo-nos do caso do Grémio de Lisboa, onde um jovem foi detido e espancado pela polícia nas suas salas de interrogatório. Depois de ter sido instaurado o processo contra o polícia “espancador” (leia-se com excesso de zelo, ou mesmo com uma certa queda para a violência), foram reunidas provas mais que suficientes no sentido da sua condenação. Resultado, processo arquivado sem quaisquer resultados. Agora que penso nisso, suponho que nunca terá havido alguma consequência prática resultante do abuso de força pela polícia. Parece-me claro que para além de provas, é necessário também um grande apoio por parte da opinião pública, no sentido de se verem estas acções condenadas e devidamente julgadas (seja demitindo o MAI, seja demitindo o director da PSP, seja condenando os polícias envolvidos, etc…). E assiste-me a ideia, que isso só se consegue com coisas concretas, onde não seja possível detectar a menor dúvida (será isto assim tão utópico?)
          Na minha humilde opinião, o “sermos de esquerda obriga-nos a ter mais miolos que a polícia e restante poder”, não andará longe da verdade. Acho que vivemos num mundo dominado por uma hegemonia de pensamento mais à direita (ou indiferente), onde nem sempre é fácil levar uma ideia ou uma prática mais progressista em frente (vejam-se as fracas e/ou difíceis mobilizações estudantis e da restante sociedade, as expressivas derrotas da esquerda nos mais diversos processos eleitorais, etc…). Neste sentido não me parece que andará longe da verdade a necessidade em se encontrarem formas mais consequentes e efectivas de levar a bom porto a necessidade de mudança. E formas mais consequentes, obriga-nos a dispensar mais horas de “actividade craniana” (digo eu, que não sou a ferramenta mais afiada que para aí anda).
          Para além disso, sim somos humanos (e isto é em grande parte uma questão de cidadania e de consciência) antes de sermos de esquerda ou direita, católicos ou protestantes, activos ou indiferentes, etc…. Mas são estas mesmas posições que assumimos que definem as nossas práticas, a nossa consciência e o nosso juízo crítico em relação a isto ou aquilo. E nesta matéria em particular, parece-me que a crítica surge de alas mais conotadas com a esquerda (seja ela partidária ou não). Infelizmente, é a política que define quase (senão todos) os aspectos da vida, e enquanto não definir a mão com que limpamos o cu, podemos dar-nos como contentes.
          Enfim, acho que nunca é demais questionar (venham donde venham) as provas, as ideias, entre outras, até porque só assim, me parece, se poderá construir algo concreto e sólido. Se das pessoas que frequentam o 5dias se encontram algumas, que levantam questões (independentemente da sua origem e pertinência), o que fará a restante opinião pública (suponho que seja aí que se quer chegar, a não ser que o objectivo seja ficar pela, nunca demais, masturbação intelectual e a conversa de café. Neste sentido parece-me bastante positivo que se levantem questões em relação à clareza daquilo que é apresentado nos vídeos postados pelo 5dias.
          Para terminar, até porque já me devo ter repetido uma série de vezes, acho que este debate é bastante importante e queria agradecer ao 5dias o seguimento exaustivo que tem feito sobre esta matéria. Deixo só o repto, “… peço que não se deixem distrair por esses pormenores (…) e que isso não contribua para desviar a vossa atenção do que me parece ser o essencial…”. (Zé Mário Branco in FMI)
          Abraço

        • kirk diz:

          Caro, se leste a minha primeira msg (coisa que duvido, porque me pareces mais de olhar para o proprio umbigo) lerias o seguinte: “…ou é possivel fazer uma identificação positiva que realmente mostre que os gajos são policias, ou então este video, quer-me parecer que vai servir de pouco.”” É o que eu espero que vá acontecer, fazer-se uma identificação dos dois individuos. Porque falar mais alto que os outros não serve de prova em nenhures.
          K

        • kirk diz:

          Caro Judas, não percas a desportiva por favor. Deu-me a ideia que te desorientas um pouco com opiniões diversas da tua.
          Por lapso pus um outro comment a seguir á msg de Gonçalo. se quiseres ter a bondade de ler…
          K

  17. Pingback: PSD – História da Repressão (1989 – 2011) | cinco dias

  18. Pingback: Por isso é necessário aumentar o contingente » Blog DeAr Lindo

  19. Pingback: PSD – História da Repressão (1989 – 2011) | Aventar

  20. CptJudas diz:

    Peço desculpa se me excedi, e se com isso desviei a atenção para outros temas que não interessam aqui.

  21. Pingback: “provocadores em funções de defesa pública”? « piscina com cadáver dentro

  22. Pingback: GUEDES DA SILVA E DIRECÇÃO DA PSP EXONERADOS! As moscas mudam, claro, mas nem sempre fica tudo igual. Isso só é garantido se nunca se mexer na merda.

  23. Pingback: Crime ou Castigo? | cinco dias

  24. Pingback: ESTADO SEM DIREITO – Ao serviço de quem está a Maria José Morgado e a Procuradoria-Geral da República? | cinco dias

Os comentários estão fechados.