Seguro tiririca?

Uns dias fora do país, e com notícias esparsas da sua miséria, traz-nos sempre uma surpresa. Não se pense que este escrito é sobre o grande avanço da bandeira vermelha, no dia da greve geral ou uns dias mais tarde na Luz, ou sobre os infiltrados nos indignados. Depois de Sócrates não esperava que Seguro pudesse descer mais fundo. Sempre com a arrogância de uma inexistência política, esta declaração de “muita satisfação” pelas alterações ao Orçamento de Estado, fazem-me temer pela sanidade do próprio e dos que o rodeiam.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a Seguro tiririca?

  1. Gentleman diz:

    Para saber de que lado está a sanidade, recomendo-lhe este banho de realismo.

  2. De diz:

    Deve estar a brincar.
    Só pode estar a brincar
    O que leva este gentleman a tentar impingir-nos este ex-ministro, co-responsável pela situação a que o país chegou e que recebe a devida recompensa pelos media que o não largam?
    (Uma pergunta chata:porque motivo os media levam aos ombros esta “coisa”?
    Outra pergunta chata:qual o rendimento do ex- ministro por esta permanência nos órgãos de informação ?)

    Mas sejamos frontais.Este Medina Carreira foi um dos primeiros a “uivar” pela vinda do FMI.Foi dos primeiros a escancarar a porta aos ladrões e aos patifes (já outros a tinham aberto é um facto).E contou com a cumplicidade e o apoio activo de todos os patifes que se amesendam à volta das reuniões do conselho de ministros e todos os que giram nos lugares de administração das grandes instituições bancárias.
    Medina Carreia representa hoje uma espécie de Miguel de Vasconcelos escondido atrás do paleio neo-liberal.
    A sorte dos Vasconcelos deste jaez …?

Os comentários estão fechados.