MAIS PROVOCADORES INFILTRADOS DESMASCARADOS: “Casal” de polícias à paisana: o de casaco azul e o de casaco castanho. Estão os dois em todas as fotos. Guedes da Silva, director da PSP, junta-se ao Ministro Miguel Macedo no rol de mentiras. A porta da rua é a serventia da casa: RUA!

NOTA: Este artigo está a ser divulgado massivamente a propósito da manifestação da greve geral de dia 14 de Novembro de 2012, quando se refere a factos ocorridos a 29 de Novembro de 2011.

Ficamos assim a saber o que é uma “manobra táctica impecável” para o Director da PSP Guedes da Silva, que se junta assim ao Ministro Miguel Macedo e aos trambolhos violentos que até agora foram desmascarados, nesta que ja é a maior trapalhada deste governo:

Comunicado da plataforma 15 de Outubro lido hoje, em conferência de imprensa dada pelas 12h30 em frente ao Ministério da Administração Interna e macros das fotografias.

24 de Novembro – Quem são os violentos?

A Plataforma 15 de Outubro, internacionalista, apartidária e pacífica, reivindicando a reposição da justiça e da verdade no que diz respeito aos eventos do dia 24 de Novembro, declara:

  1. Testemunhámos e denunciamos a presença de polícia não fardada e não identificada na manifestação de 24 de Novembro em frente a São Bento. Estes elementos, entre os manifestantes, incitaram à violência com palavras e acções, ao contrário do que afirmou inequivocamente o Ministro da Administração Interna. Esta acção da polícia de um Estado de Direito e dito “democrático” configura uma ilegalidade e um crime. A acção da polícia nos piquetes de greve deste dia pautou-se igualmente pela ilegalidade e repressão, tendo-se apresentado nos locais onde se encontravam os piquetes armada com caçadeiras e metralhadoras, além de ter sido enviada polícia de intervenção para atacar e romper os piquetes.
  2. Repudiamos ser, consciente e propositadamente, apelidados de “delinquentes”, “criminosos” e outros adjectivos que claramente configuram um insulto pessoal e colectivo, com o único objectivo de anular a Plataforma 15 de Outubro como sujeito político. Foi impedida a realização da Assembleia Popular prevista para as 18h00, hora em que começaram os distúrbios. Está a ser construída, consciente e propositadamente, uma narrativa de terror social que visa claramente criminalizar o movimento social e os eventos da Greve Geral e manifestação que, tendo sido um grande sucesso, é minorada pela construção de factos e eventos de “violência” por parte das estruturas de poder.
  3. Manifestamo-nos contra a detenção avulsa de pessoas isoladas, outra tentativa de reforçar esta narrativa criminalizadora.
  4. Somos e continuaremos a reivindicarmo-nos como uma plataforma de acção política pacífica e não aceitaremos ser, como colectivo, associados a qualquer acto de violência que cidadãos em nome individual possam cometer na demonstração da sua legítima revolta.
  5. Rejeitamos a inversão total e propagandística da verdade que está em curso, procurando apelidar de violentas pessoas e movimentos que procuram defender os seus direitos e interesses de forma pacífica. A violência das medidas de austeridade é que é indesmentível e por mais cortinas de fumo que por ela sejam lançadas, está à vista de todo o povo. Acusamos o governo de violência, directa e indirecta, sobre o país.
  6. Em resposta a esta campanha vergonhosa, informamos que convocaremos uma nova manifestação, a realizar no final de Janeiro.

Por tudo isto, a Plataforma 15 de Outubro exige:

  • A divulgação pública das provas audiovisuais, filmes e fotografias que demonstram claramente a presença e acção provocadora de agentes da polícia não identificados e não fardados dentro da manifestação que ocorreu no dia 24 de Novembro.
  • A abertura, por parte das entidades competentes, de inquéritos que visem a investigação da acção policial, nomeadamente o uso de violência sobre manifestantes isolados e a instigação à violência por parte de elementos não identificados e não fardados da polícia.
  • Que os meios de comunicação social, que tão prontamente assumiram esta narrativa distorcida dos acontecimentos, dêm espaço às informações que têm vindo a público, cumprindo o seu dever de informar e repôr a verdade dos factos.
  • Que sejam retiradas consequências do facto de terem sido proferidas publicamente inverdades por parte do Ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, que reforçaram uma narrativa que não corresponde comprovadamente à verdade dos factos.
  • Que os detidos no dia 24 de Novembro sejam absolvidos, sendo tido em conta nos seus processos o facto de terem sido detidos de forma ilegal e abusiva através de agentes provocadores que, além do mais, incitaram delitos. Expressamos total solidariedade em relação aos companheiros e companheiras detidos nesse dia.
  • A criminalização da actividade política e da contestação é um sinal claro dos tempos em que vivemos, em que a Democracia é ameaçada e posta em causa justamente pelo Estado que tem como dever protegê-la. A tentativa de suprimir os acontecimentos históricos que foram a Greve Geral de dia 24 de Novembro e a expressão popular ocorrida na manifestação nesse dia serve de sinal de aviso às forças progressistas. Não permitiremos que vingue a tentativa de fazer com que o medo sufoque a legitimidade das reivindicações populares à dignidade e aos direitos e, como tal, estaremos novamente nas ruas, no final de Janeiro.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , . Bookmark the permalink.

167 respostas a MAIS PROVOCADORES INFILTRADOS DESMASCARADOS: “Casal” de polícias à paisana: o de casaco azul e o de casaco castanho. Estão os dois em todas as fotos. Guedes da Silva, director da PSP, junta-se ao Ministro Miguel Macedo no rol de mentiras. A porta da rua é a serventia da casa: RUA!

  1. Pingback: O medo, suicídio e eutanásia da cidadania (2) | cinco dias

  2. Overdadeiro diz:

    As caras destes cabrões do bastão são bastante fáceis de ser identificadas a quem como eu anda no mundo das claques de futebol a muito tempo.. Este ACABS que aqui aparecem andam sempre a enfiar-se nas claques, mas nnós no topo sul da luz já os conhecemos muito bem e eles não metem lá mais os pés senão são corridos a pontapé.. Estes merdas tem que ser postos no lugar deles..

    ACAB

    • ACAB diz:

      Estes gajos são todos paisanas, “SUPOTERS”, na bola.

    • M3 diz:

      e trazerem as claques para as manifestações? de certeza q n era o abuso q tem sido!

      Temos q nos unir… Estamos Juntos

    • jj diz:

      O individuo da ultima foto, felizmente nao é policia!

    • Mário diz:

      bofia do caralho seus grandes filhos duma puta o povo ade ganhar forca e vaivos matar meus grandes nujentos as vossas filhas maes e filhos deveriam levar porrada como voces fizeram ao povo !!! CABROES NUJENTOS BURROS BURRROSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS! nao sabem protestar do lado do povo e depois ainda agem cheios de violencia puta das vocssas maes cabroes!!!!!!!!!!!!!!!!

      • BRUNO diz:

        Mario, em primeiro lugar vai aprender a escrever pois nota-se que es um perfeito analfabeto… Em segundo è indevidos como tu que o pais não necessita nada… ES UM PARASITA… e um conselho, vai para cima de uma ponte bem alta e deita-te de lá abaixo e vê se não falhas as pedras…

        • Feijao com batatas diz:

          realmente o outro nao sabe escrever…. e tu deves andar a raspar no tacho junto com todos os PSDs, PSs, CDSs e companhias…. senao tavas bem caladinho… de certeza que deves ter daqueles empregos cheios de boas regalias que nao queres perder

        • Josué Cremalheira diz:

          “Bruno” juro, juro mesmo que ia dar-te algum crédito pela forma como começaste a tua resposta ao “Mário”, mas és tão analfabeto quanto ele.
          *indivíduo, era o que querias escrever.
          Indevido, por exemplo, foi o uso excessivo de violência por parte das forças policiais.
          Quando tiveres dúvidas pergunta ao Google, jumento de um raio.

          Haja paciência.

        • antonio henrique carvalho diz:

          Bruno, tu também não sabes escrever! não é indevido mas sim indivíduo. Volta para a escola ou cala-te .

        • Rodrigo Tudo cum Caralho Lamas diz:

          tu és é um granda boneco que aqui anda ! Vai mase criticar a puta da tua mae que ele tem razao ! é nojentos como tu , que me obrigam a registar em milhares de sites so para te mandar a merda. Paputa que te pariu

      • miguel diz:

        És muito valente, escondido atás de um nick…
        Não te esqueças que deus escreve direito, por linhas tortas.
        Essa tua factura mais tarde ou mais cedo será paga….

  3. Pingback: Estado=Monopólio da Violência | cinco dias

  4. Pingback: NOVAS PROVAS SOBRE OS INFILTRADOS VIOLENTOS DO MIGUEL MACEDO – A Polícia esganou manifestante detido na Calçada da Estrela. | cinco dias

  5. Pingback: GUEDES DA SILVA E DIRECÇÃO DA PSP EXONERADOS! As moscas mudam, claro, mas nem sempre fica tudo igual. Isso só é garantido se nunca se mexer na merda.

  6. Pingback: E já agora, intimide-se também a puta que os pariu a todos. | cinco dias

  7. Pingback: Comé que é Helena? « Já o caso destes agentes passarem a provocadores é outro assunto que tem de ser investigado e severamente punido caso seja verdade» Nem mais Helena Matos! Quero ver posts no Blasfémias e artigos nos Jornais a exigir isso mesmo!

  8. Pingback: Comé que é Helena? « Já o caso destes agentes passarem a provocadores é outro assunto que tem de ser investigado e severamente punido caso seja verdade» Nem mais Helena Matos! Quero ver posts no Blasfémias e artigos nos Jornais a exigir isso mesmo!

  9. Pingback: A LISTA DOS MILITANTES DO PSD FOI DIVULGADA POR DIRIGENTE DO PSD – Miguel Macedo e Matos Rosa mentem (novamente) com quantos dentes têm na boca. | cinco dias

  10. Pingback: ESTADO SEM DIREITO – Ao serviço de quem está a Maria José Morgado e a Procuradoria-Geral da República? | cinco dias

  11. Judas diz:

    Como cidadão e contribuinte deste país não me calarei mais perante este espetaculo vergonhoso! Hoje em dia a “Policia” nao está cá para servir e para nos proteger, mas sim para nos foder! A Policia e’ hoje em dia mais uma ferramenta do estado para proteger cobardes do governo que todos os dias nos roubam à descarada e para angariar dinheiro em multas muitas delas injustas pois optam pela caça à multa que na prevençao… Eu nao sou contra o trabalho de ninguem.. mas tb há ou não há manifestações de Policias? Isto aqui a que voces chamam Portugal nao e’ nenhuma ditadura! Deixem as pessoas lutar por aquilo que lhes pertece! Quero o meu futuro e o dos meus filhos de volta e já!

  12. Pingback: Mais medidas de Austeridade - Page 58

  13. Miguel Delgado diz:

    “A Plataforma 15 de Outubro, internacionalista, apartidária e pacífica, reivindicando a reposição da justiça e da verdade no que diz respeito aos eventos do dia 24 de Novembro.”

    Concordo que a táctica da polícia é no mínimo suja e anti-democrática, mas, Internacioalismo é um nome suave para Comunismo. E eu digo não ao Comunismo.

    • Renato Teixeira diz:

      Que disparate. Sobram muito poucos que não sejam internacionalistas, da esquerda à direita.

      • Nuno diz:

        Ele diz não ao comunismo como quem diz não a uma comida que nunca provou, nem leu bem como teoricamente se faz a partir da receita ou viu a por em prática do mesmo modo que leu, afirmações de ignorância são sempre as mais fáceis!

  14. Pingback: Miguel Macedo – “Incidentes que se ficaram a dever ao comportamento de meia-dúzia de profissionais da desordem e da provocação, que devem ser travados.” | cinco dias

  15. Maria diz:

    não concirdo com estas situações com estas barbaridades,como alguem diz aqui comunismo?será k as familias k estão em desespero sao coministas?e se são?têm todo o direito de o ser como vces teêm o mdireito de ser da dir4eita cobarde k agridem a torto e adireito.haja deus,abram os olhos e deixem~se de insultos ou tb comem da panela

  16. PAISANAS diz:

    PESSOAL ESSES BOFIAS SAO PAISANAS E COSTUMAM ACOMPANHAR AS CLAQUES DE FUTEBOL (CONSIDERADOS COMO SPOTTERS)

  17. Ana diz:

    O anormal que aparece na primeira foto, saiu ontem de uma carrinha da policia parada no Cais Sodre e juntou-se à manif dos estivadores quando eles arrancaram. Eu estava a trabalhar e queria ter ido atrás deles mas não consegui…

  18. Jose diz:

    O Policia infiltrado do casaco castanho chama-se Manuel Dias Rajado.
    É Spotter da PSP (unidade especial da PSP para controlo de multidões)
    Posso dizer com toda a certeza, pois eu fui agredido e detido cobardemente por este senhor na última final da Taça de Portugal em Futebol no Jamor.
    Apesar de ter sido agredido injustamente, e para o cúmulo total, este senhor teve a coragem de mentir em tribunal e acusar-me de injurias, pelas quais fui condenado a pagar uma avultada multa.
    Tenho uma acção judicial contra o agente a decorrer no ministério público e já prestei declarações contra o mesmo no departamento de ética e conduta da PSP.
    Tendo eu conhecimento da conduta do agente em questão, não me custa nada acreditar que ele esteja por detrás de alguns desacatos vividos ontem.

    Este tipo de pessoa não devia fazer parte da policia, organismo que existe supostamente para defender a população.
    Este agente, não defende, este agente agride e mente.
    Este agente personifica tudo aquilo que está de mal e ao contrário na nossa sociedade.

    É muito fácil confirmar o nome do agente.
    Basta a PSP querer.
    Está na hora de desmascarar esta gente.

    • Francisco diz:

      Este tipo de serviço que está a ser prestado pela policia antigamente chamava-se PIDE, hoje com a dita democracia ela tem outro nome ou seja tem vários, mas o que me choca é que os policias que colaboram com estas atitudes fazem-no pelo prazer, prazer de quem tem poder naquele momento, de quem tudo pode fazer sem que nada lhe seja imputado, até doi só de imaginar o que estes policias seriam capaz de fazer no tempo da pide, talvez estes policias sejam filhos de quem no passado lutou para que hoje sejamos livres, provavelmente os pais não lhes ensinaram que ser policias não quer dizer que não sejam humanos e que devem em primeiro lugar salvaguadar os interesses dos cidadãos, pois eles mesmo também são cidadãos. A vida prega-nos muitas partidas e por vezes brincamos com o fogo, só que já tem acontecido que ao brincarem com o fogo acabam por se queimarem, pode ser que este tipo de policia amanhã quando não tiver capacidades nem poder para ostentar tal prática, possa ser um dos que se senta no banco dos agredidos e aí possa compreender o que andou a fazer nestas situações.

      • Estivador diz:

        Olha que alguns na manifestaçao de 14N nao tiveram assim tanto poder, alguns tentaram meter-se no meio de nos e foram literalmente corridos a pontapé, e fica ja o aviso para os que virem isto, nao se metam no meio de nos porque se desconfiarmos que sao spotters, sao corridos a força, quiseram apontar-nos armas de fogo, agora vao ter de levar com os estivadores!!!

    • Barbara Rodrigues diz:

      Coitado deves ser mesmo um inocente vitima do sistema… aposto! faz um favor á sociedade e a ti mesmo, e vai dar de comer as larvas…

    • Kris diz:

      Esse tal Manuel Dias Rajado reside na estrada de Arcena, 53, 2.o, esquerdo, Bom Sucesso, 2615 Alverca do Ribatejo.

  19. David diz:

    Realmente este facto não deveria acontecer num estado de direito, mas não gostaria de culpar a PSP no seu todo, até porque muitos polícias também foram feridos.
    Dado isto, sinto também a necessidade de fazer o papel de “Advogado do Diabo”, por isso, lanço as seguintes questões:
    – Foi somente devido aos actos destes agentes que os restantes manifestantes atiraram pedras à polícia?
    – Não terão esses mesmos manifestantes discernimento acerca do que é correcto ou errado?
    – Não terão eles também que ser responsabilizados e fotografados para o caso de aparecerem em futuras manifs?
    De qualquer maneira, considero que quem tirou as fotos deste artigo fez um excelente trabalho, pois não só a policia deve vigiar o povo (dentro dos devidos limites!!) como o povo deve controlar os actos da polícia

  20. Farto de chicos espertos ignorantes diz:

    Miguel Delgado, e quem é comunista perde a razão? Quem é comunista não pode reclamar? Quem é comunista tem que apanhar e calar? Quem é comunista não tem os mesmos direitos que você? O que é que ser ou não comunista tem a ver o cu com as calças? Olhe eu não sou comunista, mas prefiro mil vezes os comunistas a pessoas com mentes ignorantes e pensamentos destruturados como os seus. Você é o protótipo do português mesquinho e analfabeta.

  21. Pingback: O que a televisão não mostra… « Jornal de Parede Digital

  22. Maria diz:

    Antes de mais os acontecimentos deram-se no dia 14 de Novembro, e não no dia 24. E depois citando o vosso comunicado, no ponto 4 diz «Somos e continuaremos a reivindicarmo-nos como uma plataforma de acção política pacífica e não aceitaremos ser, como colectivo, associados a qualquer acto de violência que cidadãos em nome individual possam cometer na demonstração da sua legítima revolta.», o que me parece em total desacordo com a “exigência” de «Que os detidos no dia 24 de Novembro sejam absolvidos, sendo tido em conta nos seus processos o facto de terem sido detidos de forma ilegal e abusiva através de agentes provocadores que, além do mais, incitaram delitos. Expressamos total solidariedade em relação aos companheiros e companheiras detidos nesse dia.»

    Em que ficamos? Não querem estar associados a eles e são uma plataforma pacifista, ou estão totalmente solidários com eles e exigem a sua absolvição? Estou um pouco confusa… Ou… talvez não seja eu 😉

    • Espectador diz:

      sim, a confusão é toda sua.
      é uma questão de logica bastante simples, não estão associados as pessoas que criaram confrontos e estão solidarios com quem foi detido ilegalmente, ou seja, não são necessariamente as mesmas pessoas.
      cerca de uma centena de pessoas foi detida ilegalmente, sem direito a telefonema, advogado, sem explicações e sem acusação formal, so para nomear alguns dos direitos negados, porque foram mais.
      sejam inocentes, suspeitos ou culpados, todos os cidadaos tem direitos que devem ser respeitados.
      os maiores criminosos deste pais, roubam o povo e vivem a grande. mas a esses nunca acontece nada, os recursos e manobras de tribunal fazem parte da rotina e do jogo.

  23. Miguel diz:

    Uma vergonha são os srs arruaceiros e que querem aproveitar-se de protestos cívicos para o que vos interessa. Apenas violência.
    O que se viu é de energúmenos e mentecaptos.
    Extremistas de esquerda e de direita juntos.
    Está bonito, está…

    • Renato Teixeira diz:

      Mentecaptos é quem dá ordens destas e quem as cumpre sem se questionar sobre o que está a fazer. Haverá um tempo em que, também por cá, deixará de ser assim. Como se viu no Egipto, por exemplo, ou em tantos outros momentos da história dos povos.

    • Miguel O Barriga Cheia diz:

      Miguel, falas de barriga cheia. Ignorante do crl…

  24. Luisa Saldanha diz:

    adrenalina ou política?

  25. jose madley diz:

    Há um ditado que diz, quem com ferros mata com ferros morre. Por isso está na hora de saber onde eles moram , segui-los e apanha-los , um por um, dar-lhes uma lição com uma barra de ferro naquelas cabeças. Se para eles bater em quem se manifesta, porque está na pobreza, também deve ser bom levar nas trombas de quem esta nessa mesma pobreza. Olho por olho , dente por dente. E vamos ver quem ganha. Eles são meia duzia como diz o ministro cabrão e nós povo somos milhões.

    • miguel diz:

      Vê lá não leves chumbo, porque com atitudes destas só justificas a legítima defesa….lol

      • José Pereira diz:

        Não me admirava nada que eles, “os executantes ordenados de grandes tácticas policiais” ,se ponham aos tiros por dá cá aquela palha… e uma vez que eles afirmam não ter treino de tiro, são capazes de se darem umas mortes colaterais… Quem dera fosses tu uma delas. Sem ressentimentos nem ódio.

  26. Pedro Esteves diz:

    “Por tudo isto, a Plataforma 15 de Outubro exige:

    A divulgação pública das provas audiovisuais, filmes e fotografias que demonstram claramente a presença e acção provocadora de agentes da polícia não identificados e não fardados dentro da manifestação que ocorreu no dia 24 de Novembro.”

    A plataforma exige a divulgação pública das provas audiovisuais, porque considera que estas fotos não provam patavina.
    Gostaria de ver provas claras sobre as acusações acima formuladas, mas até agora não as encontrei… alguém sabe onde posso encontrar tais indícios ?

  27. Pedro Esteves diz:

    “Por tudo isto, a Plataforma 15 de Outubro exige:

    A divulgação pública das provas audiovisuais, filmes e fotografias que demonstram claramente a presença e acção provocadora de agentes da polícia não identificados e não fardados dentro da manifestação que ocorreu no dia 24 de Novembro.”

    A plataforma exige a divulgação pública das provas audiovisuais, porque considera que as fotos não servem para provar patavina.
    Gostaria de ver provas claras sobre as acusações acima formuladas, mas até agora não as encontrei… alguém sabe onde posso encontrar tais indícios ?

  28. Kris diz:

    Esse Manuel Dias Rajado reside na estrada de Arcena, 53, 2º – esquerdo, Bom Sucesso,
    2615 Alverca do Ribatejo

  29. Tem que se agir com os covardes, rotos da PSP, precisam de ser depenados, punidos, também comem, bebem e cagam como nós, hoje somos nós amanhã são eles.
    Cabe a vez a todos e eles não são regra exclusiva, quem poder que faça justiça sim por proprias mãos a esses canalhas e trafulhas, falsos parasitas da sociedade portuguesa.

  30. morcego diz:

    tanto o povo como o governo… vao.se catar parecem animais de luta ao mesmo oc,o quando e’ que deixam de ser animais e a comportarem.se como adultos… voces estam a dizer e a terem accoes de quando eu tinha 16 anos crescam vao mas e’ trabalhar a terra e deixem.se de politiquices a terra ainda esta a espera de ser bravada e nao cheia de monoxido de carbono… tansos. nem uma merda de uma revolucao sabem fazer… o meu avo deve estar a dar voltas no caixao.

  31. João Pedro diz:

    Quem nos garante que os mesmos infiltrados não atiram a primeira pedra de forma a controlar quando querem que a manifestação acabe?

    Simples recebem a ordem atiram a pedra os outros vão atrás e assim se dispersa toda a gente e bate se em tudo o que mexe.

    Facil!

Os comentários estão fechados.