Aliaa Elmahdy e Kevin (?): o género depois de tudo. A primavera árabe começa a dar o corpo ao manifesto.

Ao contrário da Assunção Esteves, o exemplo desta egípcia e deste anónimo (Kevin, será?) ainda não foram homenageados pela UMAR, e poucos parecem aplaudir o nu e a coragem do homem, que no mesmo blogue deu o corpo ao manifesto ao lado de Aliaa Elmahdy.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 respostas a Aliaa Elmahdy e Kevin (?): o género depois de tudo. A primavera árabe começa a dar o corpo ao manifesto.

  1. Vocês falam, falam, mas…..o exemplo não está de acordo com a vossa ideologia. Querem um exemplo ?

  2. Marota diz:

    Gosto muito do penteado da menina.

  3. bf diz:

    estes não dão subsídios à ONG, já a Presidenta dá. Deve ser por isso que a marcha no dia 25 de Novembro é quase um contrato que diz: não importa o quanto nos banalize, massacrem e torturem, desde que não seja físico.

Os comentários estão fechados.