Bloco Abaixo de Cão

O BE ficou atrás do Partido da Terra e do Partido dos Animais na Madeira. No último desaire eleitoral o BE concluiu que o povo português, temeroso da troika, estava a virar à direita, o que explica o seu resultado eleitoral. Imagino que agora com a subida do CDS na Madeira esta justificação retorne à baila. O que esta explicação não explica porém é porque é que o BE tem políticas reformistas e o povo português, conservador e temeroso, não as apoia mas apoia as políticas reformistas dos outros. De nada serve lembrar que Alegre está no PS, o Sá Fernandes a fazer piqueniques ao Belmiro, o Rui Tavares nos Verdes europeus e a Violante Saramago, figura pública do BE na Madeira desta vez apoiou…o PS. A culpa não é do BE mas quem sabe dos candidatos do BE que pressionados por este povo conservador viram também eles à direita.

Claro que a abstenção, as manifestações gigantescas, a maior greve geral de sempre,  não entram nestas contas eleitorais, porque o radicalismo silencioso não pode fazer parte da análise política, mesmo quando um barco se afunda.

Destas eleições ficou ainda o facto do Partido dos Animais ter um deputado. Uma manifestação, entre muitas, da regressão social do homem ao macaco. Mistura de jovens ontologicamente individualistas, divorciadas emocionalmente instáveis, militantes do «se eu não gostar de mim quem gostará?», narcisismo metodológico, e idosos que já não produzem e a quem reservam de companhia uma televisão e um gato, gente só, imensamente só neste mundo que agrega indivíduos em permanente competição, que devotam a vida ao cão, um animal dócil e obediente que faz tudo o que o dono manda e por isso é conhecido como «o melhor amigo». É triste mas isso sou eu que acho porque o BE até acha que os direitos dos animais são um tema importante. Os eleitores da Madeira também acharam.

 

In Dia de Cão do Chico Buarque

Fidelidade
À minha farda
Sempre na guarda
Do seu portão
Fidelidade
À minha fome
Sempre mordomo
E cada vez mais cão

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

26 Responses to Bloco Abaixo de Cão

  1. Pingback: O Bloco de Esquerda, a Natureza e os Animais « O Insurgente

  2. Pingback: Uma nova causa facturante para o berloquismo « 25 de Novembro sempre !

Os comentários estão fechados.