É fartar, vilanagem!

É inevitável que nos vão escapando alguns livros de um escritor muito activo de que gostemos.
A “Parábola do Cágado Velho”, de Pepetela, foi até à semana passada um desses casos.

Passando no quiosque dos jornais, lá estava ele, nessa colecção que vai saindo a 1 euro.
Tenho? Não tenho? Será que li emprestado?
Mas como, há coisa de um ano atrás, andei a correr quiosques e tabacarias até açambarcar o número de exemplares do “As Duas Sombras do Rio” (do João Paulo Borges Coelho) que fosse suficiente para colocar esse meu mui amado romance em cada uma das casas a quem dou presentes de natal, lá pensei que, mesmo que tivesse, não se perdia nada.

Afinal, não tinha.
E foi o livro que mais prazer me deu ler no último par de meses.

Por 1 euro, o que é que querem que vos diga?
Vão até à tabacaria da esquina, enquanto há!

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

Uma resposta a É fartar, vilanagem!

Os comentários estão fechados.