Novas formas da poética

Em tempos de trevas, a sanidade encontra formas tanto mais imaginativas de expressão quanto mais totalitário é o império da insanidade.

O testemunho mais certeiro do estado a que chegou a esfera pública democrática nos dias que correm.
Esta obra-prima da arte efémera ainda era erraticamente acessível por volta das da 21h45 de sexta-feira.
PS – Hossanas ao amigo Alexandre Lemos pela descoberta.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 respostas a Novas formas da poética

  1. a anarca diz:

    WoW !!!

    • a anarca diz:

      adenda: “WoW” foi para o poeta como é óbvio !
      Esses abutres nunca ouviram falar na rebelião das massas …

  2. Renato Teixeira diz:

    Genial! O url e o desabafo sempre ao serviço da verdade.

  3. Jorge Martins Rosa diz:

    «Arte povera», ou, Como ensinar a alguém o que é uma URL (e uma URL bem construída) de forma a que nunca mais se esqueça.

  4. Técnicas de marketing merdosas. Atira-se com 30% para subir 15%. Os “especialistas em comunicação” do Relvas não conseguem fazer melhor?
    É que estas tem barbas …. (e não é uma piada ao Figueira) 😉

  5. JgMenos diz:

    Oportuno!

  6. Rafael Ortega diz:

    LOL

    Desconfio que o jornalista que fez isso é capaz de não ficar na redação muito tempo… :s

  7. m diz:

    e filhos da puta mesmo. dizem que é 30% para quando aumentarem 15% ( que é um absurdo) os tolinhos respirarem de alivio : não é 30 . é só 15%!!!! espero que não seja o figueira a aconselhar esta técnica de comunicação :))
    eu sei que vocês ainda acham que o estado é uma pessoa de bem , e claro , desde essa perspectiva , que eu já tive , água ( sobretudo) e luz propriedade privada assusta. mas ando para aqui a reconsiderar a coisa. é que o estado não é pessoa de bem. e quando lhe falta verba carrega naquilo que acha que não podemos dispensar , tipo traficante. pelo sim pelo não , já ando a namorar um fogão a lenha e a plantar umas árvores. guerrilha civil: sobem a luz e o gás ? compro velas e carvão. e mando cortar a luz , vou à net no café. não vão poder mais que eu. filhos da puta.

  8. Enquanto não se alterar o entusiasmo nacional pelas renováveis e se aceitar a entrada do nuclear o preço da electricidade terá forçosamente de ser caro

    http://luzligada.blogspot.com/2011/09/objectivo-do-luz-ligada.html

Os comentários estão fechados.