Líbia: finalmente, a democracia!

Segundo podemos ler no El País, o presidente interino da Líbia – para quem o entenda reconhecer – afirmou que, a partir de agora, a fonte jurídica vai ser o Corão. “Não somos e nunca seremos a Arábia Saudita. Aqui as mulheres conduzem e há juízas nos tribunais”, comentou um magistrado líbio. Contudo, o vice-ministro Al Gehmy explica que se obrigará a que todas as mulheres que realizem longas viagens sejam acompanhadas por um homem. “É para as proteger porque são a parte mais importante da nossa sociedade”, justifica outro juiz. Este membro do gabinete jurídico de Bengasi, transferido para Tripoli nos últimos dias, admite que a aplicação das regras do Corão levará, no extremo, ao corte de mãos de ladrões e à morte de qualquer homicida. Mas desvaloriza a questão e acrescenta que quase nunca será necessário aplicar a pena de cem chicotadas.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

23 Responses to Líbia: finalmente, a democracia!

  1. Pingback: A Líbia e a Charia | Aventar

Os comentários estão fechados.