Livre, Universal e Gratuita!

Pergunto-me se a ideia de agravar o preço da pílula (a par das vacinas contra o cancro do colo do útero, a hepatite B e a estirpe do tipo B do vírus da gripe) está relacionado com a ideia do Estado passar a ganhar dinheiro com o aborto.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

18 respostas a Livre, Universal e Gratuita!

  1. l'outre diz:

    Eu prefiro pensar que se trata de um incentivo à natalidade.

  2. Pascoal diz:

    Bem sabes que o catolicíssimo opus day Macedo considera o sexo uma excrescência inútil e prejudicial do amor humano.
    Não faz senão aquilo que se pode esperas dele.

  3. A.Silva diz:

    “Eu prefiro pensar que se trata de um incentivo à natalidade.”
    É, devem achar que há pouco desemprego, que vai haver mais creches, dinheiro para escolas, etc, etc.
    No fundo, no fundo, esta medida até pode significar a colossal confiança que aquela gente tem no futuro!

  4. Augusto diz:

    Já há vozes do PSD mas sobretudo do CDS, a exigir pagamento dos abortos.

    Muito mais que um desvario do Paulo Macedo, esta medidas têm uma base ideológica, e são manobradas por sectores mais radicais ligados á Igreja Católica.

  5. GreenMan diz:

    Estão a dar demasiada importância à questão da pilula. De facto, já mto pouca gente a compra com receita para ter a comparticipação. É mto mais grave as vacinas da Hep B e do HPV deixarem de ser comparticipadas, assim como a redução da comparticipação em algumas das bombas da asma, que sem comparticipação, rondam os 50€.

  6. ricardosantos diz:

    estamos a colher os frutos da participação na santa aliança pcp,be,psd,cdsagora aguentem.

    • Renato Teixeira diz:

      Em nome do pai, do espírito, do santo e do PS. Ora. Salvam-se o cristo de cada uma das medidas a ser implementadas desde que a troika tomou conta do país.

  7. helena diz:

    Usem preservativos !!!!! Caramba, são ainda baratinhos e não fazem mal à saúde!!!
    A pílula, que libertou a minha geração dos filhos não desejados ( e não só) também nos legou um rol de malefícios que não acaba mais e que muitas já pagaram com a vida|. Terá sido a maior invenção do século passado, (?) mas os efeitos à distância que, do seu uso indiscriminado resultaram, nunca se fará o registo! Os mesmos laboratórios que a produzem, esfregam as mãos de contentes com o aumento das vendas dos medicamentos para os cancros ginecológigos.

Os comentários estão fechados.