(In)justiça fiscal à moda de Vítor Louçã Gaspar

Para o ministro Vítor Louçã Gaspar, as novas medidas anunciadas hoje – mais aumentos de impostos – vão no sentido de uma maior justiça fiscal.
Claro que não vão e Vítor Louçã Gaspar sabe-o. Uma taxa extraordinária de 2,5% para quem ganha mais de 10 mil euros por mês não é nada – uns 250 euros. Quanto às empresas, passam a pagar uma taxa de 3% quando têm lucros superiores a 1,5 milhões de euros. Ou seja, 45 mil euros por cada 1,5 milhões de euros de lucros. Uma fortuna, sobretudo se tivermos em conta que é uma medida extraordinária! Se nos lembrarmos que os funcionários públicos ficaram, para sempre, sem 5% ou mais dos seus ordenados…
Depois, vem o fim das deduções para quem ganha pouco mais de 2500 euros por mês. Para Vítor Louçã Gaspar, uma família que ganha 2500 euros por mês e que tem 2 ou 3 filhos a estudar não precisa de fazer deduções.
De fora, como sempre, fica o património. E ficam as heranças. E ficam os ricos mesmo ricos. Como sempre. É a (in)justiça fiscal à moda de Vítor Louçã Gaspar, de Pedro Passos Coelho e deste Governo PSD/CDS. Alguém pensou que ia ser diferente?

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

15 respostas a (In)justiça fiscal à moda de Vítor Louçã Gaspar

  1. De diz:

    De facto a (in)justiça social deles continua
    Impostos sobre os rendimentos do trabalho podem ir até 46,5%
    Impostos sobre os rendimentos do capital podem ir até 21,5%

    E como muito bem lembra Vitor Dias os 21,5% sobre os rendimentos de capital nem sequer se tem aplicado aos bancos que, ano após ano, conseguem pagar taxas de IRC à volta dos 11%, ou seja, muito inferior à taxa de IRS que até um trabalhador mal remunerado paga

  2. Dédé diz:

    Coitado do Américo, lá vai pagar mais 450 euros de imposto por mês.
    AMÉRICO AMORIM: A TRABALHAR NO DURO HÁ MAIS DE 8 MIL ANOS.

  3. E não é intrigante que ninguém diga uma palavrinha sequer sobre isto?
    http://lishbuna.blogspot.com/2011/08/se-virem-na-rua-o-passos-coelho-e-o.html

  4. pappy diz:

    Só temos que correr com essa súcia dos dias loureiros e amorins rolhas-….

  5. ricardosantos diz:

    com a vossa participação no ataque despodurado e vergonhoso ao governo de socrates colaboraram bastante para esta situação.

    • Augusto diz:

      É preciso lata.

      Socrates traiu o eleitorado de esquerda.

      Socrates governou para a direita e com a direita.

      Este governo do PSD-CDS continua as mesmas politicas.

      A esquerda nada tem a ver com Socrates.

    • De diz:

      Algum pudor é preciso,não acha?
      É que foi precisamente tal governo que abriu a porta ao PSD.Sócrates e seus muchachos governaram à direita,com a direita e para a direita.Avançaram com medidas que deviam envergonhar qualquer partido decente.Foram protagonistas de políticas apaludidas pelo grande poder económico e que a direita sozinha no governo teria bem mais dificukdade em implementar.E ainda por cima fizeram-se passar por socialistas.
      Basta,não?
      (Já agora,o que se passa com o PS de António José Seguro? Continua a dormir ou a fingir que dorme?)

  6. Beatriz Tavares diz:

    O rapaz parece um pouco tímido, em particular com os ricos…. Do ponto de vista meramente estético lembra-me o Anthony Perkins (virão o Psycho?)… Alguém lhe pediu que fizesse alguma coisinha pelos ricos… A nível internacional estão a pedir mais impostos….
    O nosso incansável trabalhador Amorim, o malcriadão da Jerónimo Martins, o trepador da Sonae, e um punhado de outros “remediados” deste país não se importam porque assim a comunicação social já não os chateiam….alguns outros remediados poderão ficar um pouco mais agastados com a medida …. Mas nada que pertube a paz social…O Professor Martelo, nas suas mensagens de domingo ao páis, já tinha alertado este governo sobre a necesidade de fazerem alguma coisinha pelos ricos….
    O que me preocupa é quando os ricos, os mesmos ricos, acham que já é demais e pedem aos Estados façam alguma coisa contra tanto “casino”. A situação está explosiva a nível mundial, só pode.

  7. Dédé diz:

    Ricardo, então conta lá quando é que o PS votou a favor da taxação do capitaL Exacto, daquelas propostas que o PCP anda a apresentar há uma data de anos.

  8. Shoplifters of the world unite and take over diz:

    Depois venham diabolizar os putos que andam no gamanço…

  9. CausasPerdidas diz:

    Se quer escrever o nome do homem por inteiro, faça-o como deve ser: “Vítor Louçã Rabaça Gaspar”.
    Há uma diferença entre a minúcia e a canalhice.

    • Ricardo Santos Pinto diz:

      Que cómico, canalhice por pôr o nome do meio do ministro.
      Rabaça? Acha que eu ia chamar isso ao homem? Que deselegante!

      • CausasPerdidas diz:

        Pois… Louçã é um nome mais bonito para ser “lembrado” sempre que fala do ministro do PSD. Não é um exercício provocatório nem sectário nem nada, é apenas “rigor”. O mesmo rigor com que noutras alturas retocaram fotografias…
        Deixe que lhe diga: você tem uma ideia muito distorcida acerca dos Comunistas, não são os atrasados mentais que procura cultivar aqui.

Os comentários estão fechados.