Sem paz, nem honra, nem saudade. António Oliveira Salazar morreu há 41 anos.


Queriam festejar a data do seu nascimento mas o que nasceu foi uma geração que, mesmo sem o ter vivido, celebrará sempre a sua morte.

O João José Cardoso explica o resto.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

17 Responses to Sem paz, nem honra, nem saudade. António Oliveira Salazar morreu há 41 anos.

  1. Pingback: Os 21 amigos de Breivik em Portugal têm 10.807 pessoas debaixo de mira? | cinco dias

  2. Pingback: Missa por Salazar e o repúdio unânime da Assembleia da RepúblicaP | cinco dias

Os comentários estão fechados.