O Chávez ganhou o Tour de France?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

24 respostas a O Chávez ganhou o Tour de France?

  1. anon diz:

    Camisola vermelha é a do lider da Volta a Espanha.

  2. Rocha diz:

    Eu também não gosto deste gajo chamado Chávez. Eu também acho que as gajas são boas e giras, especialmente a Maria Gabriela (a da direita).

    Adesso, esse comentário é um pouco indecente, porque estas duas são as filhas de Hugo Chávez.

    Se isto era para ser um elogio às mulheres venezuelanas, eu, que já privei com algumas, subscrevo totalmente.

    • Rocha diz:

      Elogio: leia-se piropo.

      • Renato Teixeira diz:

        Privou com as venezuelanas? Bem me parecia que o Rocha não era um colectivista.

      • Helena Borges diz:

        Faça o favor de identificar-se!

        • Rocha diz:

          Estamos em plena sily season, pois claro.

          Se Chávez é um assunto sério de alguém que traiu a esquerda que o colocou no poder, o Renato prefere fazer piadolas de obsessões freudianas sobre a personagem.

          O importante não é a personagem mas o enredo que nos levou a esta farsa.

          Tolices aparte, não me importa o que me chamem, não importa o que sou, nem sequer importa que eu também tenha sido enganado junto com milhões de venezuelanos e venezuelanas por este personagem…

          A traição é dolorosa mas mais pode a alegria e a salsa das venezuelanas, mais pode a determinação solidária dos venezuelanos e tanta força e coragem que aquele povo mostrou durante estes anos ilusión revolucionária, que não foram em vão, que nunca serão em vão.

          Apoiei este Povo e esta Revolução, tomei parte nesta luta, mas não me arrependo, não me arrependerei nunca. Quem sujou o seu nome foi quem usurpou a Revolução ao Povo.

          O Rocha não é nada, o Chávez é uma mancha do que prometeu ser… mas o Povo venezuelano é protagonista de uma luta heróica pela Revolução Bolivariana e pela Revolução Socialista. Enquanto há povo há esperança.

          Por respeito ao Povo venezuelano não gostei da piada. É que estou um bocado farto de ver a árvore-Chávez tapar a floresta-Povo.

          • Renato Teixeira diz:

            Se nunca fizer piadas com os povos que respeita (e será que não respeita algum? porque razão? pelo seu governo ou traidor de turno?), fará piadas sobre o quê?

          • Fernando Valente diz:

            Chavez traidor do povo? Está completamente dissociado Rocha, anda a ver demasiada Globovision. Junte-se à recém constituída frente progressista da MUD, ao PPT e ao Henry Falcon.

          • Rocha diz:

            Renato:
            Eu realmente não me exprimo bem muitas vezes e também sou contagiado por provocações e tolices, ainda que a contra-gosto.

            O que eu quis dizer é que num assunto, que queira-se ou não ainda é sensível para a maioria da esquerda revolucionária, importa criticar políticamente e não pessoalmente este Chávez.

            Fernando:
            Chávez entregou revolucionários, entre os quais um jornalista de nacionalidade sueca à sanguinária Ditadura da Colômbia. Longe disto ser a única traição que ele fez à esquerda, esta é pelo menos para mim a mais imperdoável de todas.

            O PCV, algumas correntes trotskistas e maoistas do próprio partido de Chávez que o apoivam dentro do seu, muitos intelectuais artistas, movimentos sociais (enfim creio que qualquer militante de esquerda e qualquer democrata) repudiaram as últimas acções de Chávez devido ao seu pacto com a Colômbia.

            Eu não leio imprensa burguesa há anos, nem portuguesa nem de parte nenhuma – sempre fui a favor da nacionalização da Globovision e continuo a ser. Um conselho: informe-se melhor (Tribuna Popular-PCV, Coordinadora Simon Bolivar, Aporrea).

          • Helena Borges diz:

            Também ando de candeias às avessas com o Chavez, sobretudo pelo que sabemos, mas postas como uma das últimas da Yoani Sánchez fazem-me vacilar.

            Abraço!

  3. António Paço diz:

    Serão filhas dele ou chavettes?

  4. Rafael Ortega diz:

    Não, as meninas que dão beijinhos aos vencedores do tour costumam ser mais magrinhas e bonitas.

  5. Badil Hufi Badu Tapi!

  6. Tanto mau gosto e má educação. Pensei que os revolucionários, os que a si mesmo se classificam, pudessem desprezar a decência moral, mas fossem capazes de manter um pouco de decência ética. Como muitos detes revolucionários, Chavez também fala muito, todavia, goste-se muito ou pouco, e tendo em atenção a realidade que o cerca (Ex:um comentador político que diz, (eu vi e ouvi) ” o sr,.chavez ponhasse a pau porque o mossulini morreu pendurado de cabeça para baixo com os seus amigos, e a si pode-lhe acontacer o mesmo” , ele está mesmo a fazer uma revolução, coisa que não sei se alguns dos comentaristas seriam capazes de fazer, pois para mim é claro e certo que um preconceituosos nem de ajudar uma velhinha a atrvessar a rua é capaz. Mas de tagarelar, sim! Vejam os dados da ONU sobre os indeces de desenvolvimento humano, sobre taxas de cobertura na saúde, sobre aumento da produção agricola e o aumento do auto-abastecimento. Vocês lêem as notícias sobre a Venezuela e Chavez no Expresso e querem saber mais do que lá ninguém fala nem caga porque Chavez ……… Se por algum motivo, vocês estivessem interessados em saber o que se faz pelo mundo em favor dos povos, estavam menos interessados em saber quem faz, mas o que se faz. Porém, por razões de mero preconceito, nem sabem quem faz nem o que se faz. Que pena!

    • JDC diz:

      Aquilo tem sofrido um auto-abastecimento tal que até racionamento da electricidade nas cidades houve! Ahahah

      A história da Venezuela de Chávez só vai ser contada daqui a 20 ou 30 anos, não agora.

      • Carlos Carapeto diz:

        Sabemos que Chavez é um populista, um catavento, que tem sabido manipular o povo Venezuelano com a promessa de lhe dar uma vida melhor . Povo que se encontrava mergulhado na mais profunda miséria imposta por os sucessivos governantes corruptos, acarinhados por os sacrossantos democratas, tipo Soares.

        Face a tudo isto há uma questão que deve ser colocada. Verificou-se ou não desenvolvimento social na Venezuela durante a governação de Chavez? E não foi pouco. É isto que deve ser respondido.

        A Venezuela há muito que vendia petróleo. Antes essas receitas revertiam a favor de quem? E hoje quem são os principais beneficiários?

        Acham que durante a governação de Andrés Perez o povo vivia melhor?

        Detesto fascistas envenrgonhado. Afinal o que pretendem? Diabolizar Chavez e minimizar as responsabilidades que o capitalismo tem na tragedia do povo Venezuelano?

        Chavez fez muito, mas podia ter feito muito mais se não fossem as suas diatribes tresloucadas.

      • Mike diz:

        Deves estar a referir-te a notícias como estas não:

        “Não é apenas o Brasil que enfrenta uma crise de energia elétrica. O Estado da Califórnia, nos Estados Unidos, também encara os efeitos do racionamento neste ano. O governador Grey Davids já antecipou que o verão deste ano deve ser bastante problemático, quando pretende fazer 200 horas de blecautes programados”

  7. Não fa le sem saber, estude o caso da electricidade na Venezuela desde há 50 anos, e poderá verificar que num país, qualquer que seja, que tem uma grande dependência de fontes hidricas, num ano de seca, a situação piora, porque nunca foi boa nem na Venezuela nem em qualquer outro país da América Latina. Aquilo que me revolta, não é o facto de vocês não gostarem do homem, por ele ser assim ou assado mas por razões ideológicas, no seu caso, ou por questões de proconceito. Ele fala muito, sim e eu gosto disso? claro que não, mas não posso desejar que ele seja melhor do que pode ser, pois se ele fosse como eu seria bastante pior do que é.

  8. Mike diz:

    Ou então a este trecho:

    “Para tentar remediar o problema, o governo destinou US$ 4,7 bilhões para comprar energia para as distribuidoras durante o primeiro quadrimestre. Entretanto, a medida não foi suficiente para evitar quatro apagões neste período. No começo do ano, a Califórnia esteve em estado de emergência por 37 dias consecutivos devido à escassez de reservas energéticas.”

  9. Carlos Vidal diz:

    Parece-me que acima de tudo a Venezuela livrou-se, com Chavez e o que ele impulsionou, dos “amigos” de Mário Soares – o que já é quase tudo.
    Quanto a atacar Chavez pelos seus pontos (aparentemente) fracos (desde algumas indecisões, com as FARC por exemplo, que eu apoio, até à “imagem”), força. Sempre a abrir.

Os comentários estão fechados.