A gente até as adivinha…

 

Vai uma aposta que, este ano, os administradores das empresas não vão ter Subsídio de Natal, mas “prémios de produtividade” mais chorudos?

E que a lei que sustentará o novo imposto vai ser escrita de forma a que seja possível fazê-lo?

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.