Arquivos Mensais: Junho 2011

A nova biblioteca de Babel – III

“A ilusão dos favoritos” (Gustave d’Ormesson, 1837) – Nos primeiros anos da Restauração, sob o pano de fundo da intriga política e do enriquecimento sem causa, a história de vida de um órfão que nasceu pobre, que a sorte em … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Comentários fechados em A nova biblioteca de Babel – III

A nova biblioteca de Babel – II

“As nuas florestas da realidade” (Thomas Koller, 1973) – Numa cidade da Europa Central, vivendo sob o céu de chumbo da “normalização” política, após eventos que sacudiram o regime totalitário e acordaram a sociedade civil, a história pungente de Petr, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 2 comentários

Ai, faz tão bem saber com quem contar

À amizade, ainda.

_Publicado em cinco dias \ 1 comentário

Secretaria de Estado Remax

A Parque Escolar conseguiu, em pouco tempo, escolher equipas de arquitectos e de engenheiros para elaborarem projectos de reabilitação de escolas visando a melhoria da funcionalidade, o reforço das estruturas, a modernização das redes técnicas e a melhoria do comportamento … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 4 comentários

Marcelo calhandreiro trama Bairrão

Esta é a história do secretário de estado que antes de ser já o era e que afinal não será. P.S. – Marcelo Rebelo de Sousa anuncia ao país que sabe que não teve culpa.

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

Em Évora, amanhã, a laranja volta a atacar.

Acção de protesto dos criadores e agentes culturais na Horta das Laranjeiras da Feira de S. João. Contra a prepotência anti-democrática da Câmara Municipal de Évora.

_Publicado em cinco dias \ Comentários fechados em Em Évora, amanhã, a laranja volta a atacar.

Esquerda, volver

“Veio do mais pobrezinho, aos oito entrou para as obras, foi ganhando, tem carrinha, esta tarde de domingo traça no café a situação do país: – Não sou como os políticos, que só querem para eles. Isto tem de mudar! … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 2 comentários

Get a room

Há-de ser muito amigo do seu amigo. Há-de telefonar-lhe no aniversário do filho, tomar-lhe conta do gato nas férias e emprestar-lhe ovos para o pudim (e para o molotov). E o que é que eu, que nunca lhe cravei sequer … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 9 comentários

A nova biblioteca de Babel – I

“A atitude desleixada da morte” (John DaSilva, 1939) – Nos anos negros da grande depressão, as estradas que cruzavam a América despejavam no Oeste virgem as vítimas humanas de uma crise sem rosto. Sem emprego, sem dinheiro, quase sem esperança, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 5 comentários

Habemus Independentum

Afinal há política na saída do Rui Tavares do GUE/NGL. Em resposta ao Zé Neves, o Rui num registo auto-jornalístico, enuncia de uma forma mais clara os motivos políticos que o levaram a sair da bancada onde se sentam os … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 18 comentários

O Dia dos Wobblies

Wobblies, como eram conhecidos os Industrial Workers of the World, são parte da história do movimento operário norte-americano. Foram fundados em 1905, no dia 27 de Junho. Mineiros, assalariados agrícola, estivadores, marinheiros. Foi deles que nasceu  o “Solidarity Forever”, a mais … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Comentários fechados em O Dia dos Wobblies

Distinguir o trigo do joio

Nos últimos dias têm saído inúmeras notícias de despesa pública ilegal. O valor em causa é absurdo, mas importa distinguir o trigo do joio, o erro da corrupção, a interpretação da lei da má gestão. Aliás, acredito que muitas das … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ Comentários fechados em Distinguir o trigo do joio

Fundos comunitários não utilizados

Neste momento, está em curso uma autêntica operação de manipulação da opinião pública,procurando fazer crer que a antecipação de fundos comunitários constituiria uma importante ajuda a Portugal, pois contribuiria para diminuir as dificuldades actuais. Essa eventual antecipação é até apresentada, … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 3 comentários

Um dia chegará a vez do Benfica, do Porto e do Sporting.

Os milionários desceram de divisão. A Argentina só pode estar no bom caminho. Viva el pueblo! Vive el Boca!

_Publicado em cinco dias \ 10 comentários

Para a Helena Borges, a propósito da nossa conversa sobre Raduan Nassar (que chegou a passar por Bizet e la carmencita – ver post abaixo)

A fabulosa Orquestra Sinfónica Juvenil Simón Bolívar da Venezuela, dirigida por Gustavo Dudamel; aqui, de Arturo Márquez, “Danzón nº 2”. Londres enfeitiçada. Aqui, a mesma formação, no mesmo lugar (Proms, Londres, 2007), com Dudamel. O “Mambo” do Bernstein (coisa de … Continuar a ler

_Publicado em cinco dias \ 20 comentários

F(r)acção anarquista do Largo do Camões rompe com o movimento unitário da Praça do Rossio

_Publicado em cinco dias \ 46 comentários