Richter, parte II

“The direct link”, segundo Glenn Gould.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a Richter, parte II

  1. maradona diz:

    foda-se, há uma semana estive a ver estes videos todos. este só vi três vezes. também há um documentário inteiro sobre richter (com o richter velho) no youtube. há uma peça pequena – e famosa – do chopin, que comparei com toda a gente conhecida e pronto, este gajo não dá hipóteses; não tenho bom ouvido, mas não há palavras.

    • António Figueira diz:

      O documentário inteiro dura duas horas e tal, chama-se Richter The Enigma / L’Insoumis / Der Unbeugsame, é realizado pelo Bruno Monsaingeon (que também fez umas fitas sobre o Glenn Gould e o Oistrakh) e é do caraças, se me é permitida a expressão. Anda praí tudo na rua a beber cerveja e a ouvir uma música horrível, bem podiam ficar em casa a ver isto, divertiam-se mais (eu divirto-me).

      • maradona diz:

        ele em velho, sentado naquela mesa, a dar a entrevista, é uma coisa que me pôs quase doente. gostava de ver a entrevista inteira, sem ser entercortada (com o devido respeito pelo realizador). aliás, entrevistas com velhos russos (ou sovietizados) naquele tipo de ambiente (duro, despido, castanho, antigo, gasto, morto) deixam-me sempre ko. sobre a alvorada do ravel (no post em cima deste), liga bem, depois de um livo e mais um documentario sobre o niemeyer, com as melhores colunas do mundo (incluindo as gregas): as do palacio da alvorada:

        http://www.aboutbrasilia.com/images/alvorada.jpg

        uma boa noite

        • António Figueira diz:

          E o Rinaudo, pá, não dizes nada?

          • maradona diz:

            só posso dizer que o wolfswinkel é lento, não sabe fintar, não marca golos fora da area e não joga bem de cabeças; todos os golos que lhe vi na madame youtube são a empurrar para dentro da baliza ou a marcar penaltings; penaltings ele marca muito bem. se tivermos uma época como aquela dos 18 penaltings, somos campeões.

          • António Figueira diz:

            Mas é capaz de ter mais mental do que aquele colombiano que chegou cá e ainda antes de assinar começou logo a pedir mais dinheiro.

Os comentários estão fechados.