Mais um excelente trabalho do i deixa clara posição da CML, mas as principais perguntas continuam sem resposta. Quem foi o oficial de dia responsável pela carga policial do Rossio? Porque não foi aberto um processo disciplinar a ele e aos agentes que violaram a lei e exorbitaram o seu poder?

Acampada. António Costa pediu explicações à Polícia Municipal

“O presidente da Câmara Municipal de Lisboa deverá pronunciar-se sobre acção das autoridades.”

Porque ainda não se pronunciou?

“O presidente da Câmara Municipal de Lisboa pediu à Polícia Municipal que elaborasse um relatório da intervenção das autoridades na acampada do Rossio”

Onde está? Quando é tornado público?

“Quando os membros do movimento chegaram ao Rossio, António Costa pediu um parecer ao Governo Civil para apurar a legalidade da ocupação daquela praça lisboeta. Em resposta, o presidente da câmara foi informado que os manifestantes não cometiam qualquer ilegalidade.”

Se o acidente foi “evitável” e se os manifestantes “não cometiam qualquer ilegalidade” porque houve carga policial e detenções?

“Segundo a vereadora Helena Roseta, “naquele sábado os serviços da câmara estavam fechados”. “Foi uma decisão exclusiva do oficial de dia da Polícia Municipal”.

Quem é o oficial de dia e o que esperam as autoridades para abrir um processo disciplinar à chefia e aos agentes que violaram a lei?

“Foi o próprio António Costa que pediu que os manifestantes não ficassem detidos até serem presentes ao juiz de instrução criminal, o que aconteceu na segunda-feira passada.”

Se pediu, e bem, para não ficarem detidos é porque sabia da verdade. Se sabia da verdade porque não retirou daí as devidas consequências?


Citações seleccionadas. Reportagem completa no i e em Democracia Verdadeira Já.
Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , , , , , . Bookmark the permalink.

3 respostas a Mais um excelente trabalho do i deixa clara posição da CML, mas as principais perguntas continuam sem resposta. Quem foi o oficial de dia responsável pela carga policial do Rossio? Porque não foi aberto um processo disciplinar a ele e aos agentes que violaram a lei e exorbitaram o seu poder?

  1. Omega-3 diz:

    E,não tiraram fotos ao dito cujo?é PARA SABERMOS QUEM É o jagunço e a quem pertence!

    • Renato Teixeira diz:

      Saberemos quem é o jagunço quem mandou nos outros todos. Sem qualquer dúvida sobre isso. Se o tribunal lhe aplicará as devidas sanções veremos depois, para já queremos saber quem manda e desmanda nas novas milícias do Estado.

  2. Pingback: ÓNUS DA PROVA | cinco dias

Os comentários estão fechados.