Oh, que c’est beau!

Diz o Expresso de amanhã: “José Sócrates vai viver para Paris e estudar Filosofia”; dizia a minha agenda de jovem estudante: “Aprender, aprender sempre!”; que pena!, digo agora eu, Sócrates não ter estudado essa filosofia à francesa, com éfe grande, antes e não depois de nos ter lixado a vida a todos.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

12 respostas a Oh, que c’est beau!

  1. donatien diz:

    filosofia de miséria…

  2. a anarca diz:

    Uma vergonha!
    com que dinheiro ?

  3. Renato Teixeira diz:

    Sócrates não merecia, é certo, mas Paris e acima de tudo a filosofia, mereciam menos.

    • Morgada de V. diz:

      Uma vez sem exemplo, concordo com o Renato.
      (Agora vou postar por cima do teu post sem esperar pela meia-hora académica, porque estava à espera que passassem os 30 min. do AF quando tu ultrapassaste o meu rascunho pela direita).

      • Renato Teixeira diz:

        Camarada Morgada, por mim as tuas postas ficavam sempre no cabeçalho e não obedeciam a qualquer regra de trânsito. 😉 Bem regressada.

  4. Carlos Vidal diz:

    Também estudou engenharia na UNI.

    (Tenho aqui uns Deleuzes repetidos, por descuido natural – podem seguir já como oferta: será um bom começo para o homem???????????)

    • Carlos Vidal diz:

      Um ano de estudos.
      Parece-me o tempo adequado para passar aquilo tudo a pente fino: de Parménides a Fredric Jameson.
      Um ano, beber tudo de um trago. Um ano, valente sujeito: político, engenheiro, filósofo…………. Deus é grande, é é.

      • Renato Teixeira diz:

        Já imagino ele e ela, no Quartier Latin, a cantar loas aos avanços civilizacionais ganhos pelo Maio de 68, sublinhando os seus excessos, inconsequência e lixo, claro. Madame Mubarak e Messieur Khadafi savent bien ce que c’est d’être heureux!

  5. José diz:

    Para quem dizia querer estar com os filhos…

Os comentários estão fechados.