Primeiro a esquerda era o Bloco, agora a esquerda sou eu!*

“Sim, hoje sou eu que encho o peito e digo: eles [PCP e BE] não são de esquerda.”

Rui Tavares, um dos carrascos do povo líbio, não deixa margem para dúvidas. O PS é analisado em conjunto com o BE e o PCP, numa tentativa quase despótica de querer manter o PS num campo ao qual deixou de pertencer há muito tempo. Tavares, incapaz de demonstrar que a esquerda ainda passaria pelo PS muda de táctica e afirma que nem BE nem PCP fazem parte da tal fraternidade. Em mais uma tentativa de fazer um balanço sério das eleições continuamos a ver quem esteja convencido que o colapso do sol só acontece com os reis. Nem só do democrático vive o anarquismo régio.

*título inspirado num desabafo do Tiago Mota Saraiva, no Facebook.
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

30 Responses to Primeiro a esquerda era o Bloco, agora a esquerda sou eu!*

  1. Omega-3 diz:

    Este gajo é mesmo despótico e,um destes dias ,não tão próximos,estará no PSucialista

  2. Rui F diz:

    O Renato parece-me mais ser da Canhota.

    Consigo assumo e sem qualquer tipo de complexo, certo Cavaquismo: tenho a certeza absoluta e não me enganarei, que com esse tipo de pensamento, a esquerda (a canhota) não sairá do covil onde se enfiou por direito próprio.

  3. Chalana diz:

    Oh Rui: toma pastilhas rennie que isso passa!

  4. Gentleman diz:

    É sempre divertido ver os militantes de extrema-esquerda entregues ao seu passatempo favorito: as lutas fratricidas. É uma tradição antiga que já remonta ao séc. XIX, mas cuja leitura ainda hoje não deixa de proporcionar momentos de boa disposição enquanto se fuma um charuto e se bebe um Porto.

    • Renato Teixeira diz:

      Não insulte o Rui, pá. Fratricida vai ser o Passos e o Portas daqui a menos que um ápice. Não gaste o Porto todo, mas entretanto, desfrute.

  5. BLAGUE DE ESQUERDA diz:

    olhem que à direita o panorama não é muito risonho:

    http://blaguedeesquerda.blogspot.com/2011/06/desta-vez-quem-foi-o-troiko.html

  6. Augusto diz:

    O Renato passou-se, o Rui Tavares um dos carrascos do Povo Libio….

    Realmente já não há limites para o DISLATE

    Se calhar o Rui Tavares alugou um barco a remos, e com um zagalote, espera nas águas italianas a chegada de barcos com refugiados, onde se entretem a fazer tiro ao alvo….

    È caso para dizer , com esta “esquerda” que se diz ser Rubra, por causa de alguma mancha de tintol marado do Poço Bispo, bem podem o Passos Coelho o Paulo Portas e o Cavaco dormir descansados.

  7. o da boa-fé diz:

    O que é essa coisa chamada ‘Rui Tavares’? Pela foto, não é nada feia! Mas deve ter algum piolho no meio de tanta trunfa.

    Já tem a espada mas falta-lhe o cavalo para ir prá Líbia combater.

  8. Helena Borges diz:

    Perna boua! Aquela liga… Ai, só à dentada…

  9. Pingback: Ironia da história « O Insurgente

  10. José diz:

    Parece haver demasiada dor de cotovelo por aqui…

  11. José Luis Moreira dos Santos diz:

    Na cidade, parece-me, que o Tavares é ouvido e que é preocupação de alguns que ele tome o comboio do PS; aqui na aldeia, já há muito sabemos que o comboio do PS gosta de parar em todas as estações e apanhar tudo o que aparece, por isso, as vozes de todos os Tavares não chegam aos céus. É que por cá, a luta continua. Onde nos levará? Logo se vê.

  12. Pingback: O assento é seu, seu, seu | cinco dias

Os comentários estão fechados.