Um governo, uma maioria, um presidente e uma Troika…

Finalmente o sonho da direita transformou-se em realidade… Esta é uma direita que chega ao poder em estado eufórico. É notório que uma das primeiras declarações do futuro primeiro ministro é que será mais trokista que a Troika.

Mas veremos, há um pormenor curioso que captei nestas eleições. O pregador dominical Marcelo Rebelo de Sousa, num daqueles programas a altas horas da SIC Notícias queixava-se de que não se discutia o acordo com a Troika… E que era o PSD quem tinha a ganhar com a discussão, porque o seu programa estava muito mais alinhado com a Troika, mesmo sem Troika este era o programa do PSD, ele era o partido em melhor condições para aplicar o plano… Não o fazia obrigado, mas por convicção! E devia trazer a discussão da Troika pás eleições! Bem… passados uns dias a personagem foi abençoar o “Boy” que será primeiro ministro deste país, lá para Aveiro. julgo eu. o professor um comício foi falar. E falou do plano da Troika e como deveriam votar no PSD porque ele era o melhor para aplicar o plano? Foi dizer que o programa do PSD é mais até do que a própria Troika exige? Bem… ouvi o discurso e era “os pensionistas que recebem pensões de miséria…” e “os apoios sociais” e “temos de cuidar dos mais idosos”… Fonix… Revelador… É que esta direita chega ao poder não devido ao seu programa, mas apesar dele. Por isso gente desta vai ter algumas surpresas.

E não se iludam, nós também, porque seja de que forma for a direita com um programa talibã conquistou uma maioria, um governo e um presidente. E isso vai ter o seu peso, ainda mais com uma Troika a apoiá-los. Mas lembrei-me da canção abaixo, foi escrita nos idos de 40 quando os tanques Nazis pareciam imparáveis e as Ditaduras das Direitas dominavam quase toda a Europa…

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a Um governo, uma maioria, um presidente e uma Troika…

  1. Ricardo Santos Pinto diz:

    Ó Francisco, não é a primeira vez que a Direita tem um Governo, uma Maioria, um Presidente. O PS já a teve durante quase um ano.

  2. fernanda diz:

    Ops, referias-te ao PS e eu não considero o PS de Direita mas de centro.

Os comentários estão fechados.