Fascistas agridem militantes da JCP

“Não é ainda notícia (e provavelmente é coisa que não chegará à televisão e aos jornais), mas é suficientemente grave, para que seja absolutamente necessário publicar e divulgar. Na passada noite, de 1 para 2 de Junho, elementos da JCP foram agredidos por elementos ligados à extrema direita, em Lisboa, enquanto procediam à afixação de propaganda da Juventude CDU.”

Ler aqui.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

16 respostas a Fascistas agridem militantes da JCP

  1. Augusto diz:

    Ontem o mesmo se passou nas Caldas da Rainha , com militantes do BE.

    As ratazanas estão a sair da toca.

  2. subcarvalho diz:

    Há já muitos anos, andava ainda eu na JCP (entretanto percebi a promiscuidade do poder, de qualquer poder…e sinto-me mais perto do anarquismo), quando, no Porto, íamos colar cartazes, nunca, mas nunca, o fazíamos sem que tívessemos connosco um grupo mais destacado, quase que dissimulado, para colar algumas cabeças ao chão se assim fosse necessário. Bem sei que eram outros tempos. A carecada andava em grande folia. Por várias vezes tivemos confrontos com eles, mas de todas elas foram eles que ficaram com as beiças coladas!…parece que voltamos aos velhos tempos!

  3. Helena Borges diz:

    (O texto da ligação faz uma relação perigosa entre o dia 12 de Março e a extrema-direita, perigosa porque leviana. Mas não é sobre isto que importa reflectir.)

    “Chamar-se-ia a polícia” quer dizer que não se chamou? Há que chamar, chamá-la às suas responsabilidades. Tentei acompanhar o caso do mural das Olaias – como ficou? – e também quero acompanhar este. Não nos deixem perder o fio à meada. Isto é grave, grave, grave…

    • JMJ diz:

      No passado dia 12 de Março, o PNR tentou, efectivamente, realizar uma manifestação “proto-fascista” (“1 milhão na rua contra a classe politica”) e participou na manifestação da “Geração à rasca”.

      Não conseguiram condicionar a manifestação – cujo alcance foi muito para lá do que pretendiam, e que saúdo.

      Ficou para a história a tentativa de assumir a liderança de um movimento de massas. Isso é indesmentivel.

      • Helena Borges diz:

        Fizeram-se ao piso, sim, mas arrepiaram caminho. Pesou também o bom senso da malta que convocou o protesto, que tentou demarcar-se daquela gente, ainda que tardiamente, penso eu de que…

        (Que o meu parêntese não te saiba a azedo, não era essa a minha intenção.)

  4. Chalana diz:

    à noite, para colar cartazes, afixar pendões ou pintar murais, menos de meia-dúzia é um perigo! Convém levar sempre uns bastões, umas correntes ou soqueiras

  5. Morgada de V. diz:

    Desculpa ter postado por cima, Bruno, estava a editar e não me apercebi do teu post.

  6. Bolota diz:

    Filhos da PUTA, comia a cabeça a um merdas destes.

    Desculpem mas é de mais

  7. lp1917 diz:

    Disciplina, Organização e Militância são as chaves, também, para uma Auto-defesa eficaz nas Ruas.
    Máxima Solidariedade aos Camaradas agredidos!
    Nenhuma Agressão Sem Resposta!

  8. Pisca diz:

    Que falta faz o meu amigo Bomba, que tinha sempre o cuidado de dar o “ponto politico”, par depois explicar…… sempre com muito cuidado e bastante sintético como era seu timbre
    Talvez alguém se lembre…….

  9. closer diz:

    Oh Bruno explique-me lá melhor; os agredidos são da JCP ou da Juventude CDU?

  10. Rocha diz:

    Só agora leio esta notícia, nunca se deve menosprezar o fascismo e nunca se deve esquecer que ele é parte do capitalismo também. Só nos resta lutar.

Os comentários estão fechados.