And Now For Something Completely Different

Para desenjoar 6:26 da campanha, um vídeo saído do além: o Jimmy Page com 13 anos, um apresentador que parece tio de toda a gente, música, músicos & televisão que, juntos, parecem fazer do mundo em 1957 um sítio acolhedor e ternurento. Claro, claro, não era um mundo sem conflitos: havia as famosas “contradições”, guerras, luta de classes, e outras minudências; mas, na Europa Ocidental, o presente era melhor que o passado e o futuro parecia ainda melhor que o presente. I am afraid to say that that is no longer the case.

PS A título de bónus, o mesmo Jimmy Page já com barba, figurando numa alegoria signée Antonioni do tema pessoano: “Ter é tardar”.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a And Now For Something Completely Different

  1. José Borges Reis diz:

    James Page, diz ele chamar-se… comovente. Em tempos tão acolhedores (com contradições e etc, claro claro) a rebeldia precisava de sexo e drogas e rock . Hoje, pelo andar da coisa, encaminham-na de novo para barricadas à moda da Paris oitocentista. Ou outra coisa qualquer, sei lá, mais arriscada. Obrigado pelo momento álbum-de-fotografias-antigo.

Os comentários estão fechados.