Tomar a rua para romper o silenciamento

Em Portugal, como em Espanha, os trabalhadores saem à rua no Porto e em Lisboa.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 respostas a Tomar a rua para romper o silenciamento

  1. Universal Hero diz:

    Esperemos que depois possam mobilizar para a acampada em Lisboa, no Salitre, às 19h00. A luta precisa de solidariedade e acção internacional.

    Assembleia Popular às 22h30!

    • Morcego diz:

      Bem, pelo menos é a uma hora em que o pessoal que trabalha/estuda pode ir, ao contrário dos alucinados horários das manifs da CGTP. A meio da semana e às 15h?! Esta gente é doida e brinca com coisas sérias….digo eu!

  2. António diz:

    Mentira! Em Portugal quem sai à rua não são os trabalhadores, são os desocupados dos sindicalistas.

  3. LAM diz:

    No Porto, Pç. dos Leões às 14:30h é mesmo só para cumprir calendário.

    programa de festas hoje no Porto:

    – CGTP nos Leões.
    – autocarro do FCP na avenida dos Aliados.
    – concentração contra a destruição do mercado do Bom Sucesso às 17h, no Bom Sucesso.

Os comentários estão fechados.