NOVA CAMPANHA INFAME? Afinal o governo de esquerda é sem Sócrates ou sem o PS?

O Miguel Lopes dá voz à indignação que ele e outros aderentes do BE sentiram face à cobertura jornalística da sua VII Convenção. Em causa está a alegada calúnia de que estes estariam dispostos a participar num governo de esquerda com o PS, desde que Sócrates ficasse de fora. No entanto, no Esquerda, que já nos habituou a ser lesto em esclarecimentos, nem uma palavra. Bem sei da incomensurável força das postas do Bruno Carvalho e de mim próprio, e até aplaudo a destreza com que os altos quadros do BE descem da terra dos sonhos para vir ao purgatório limpar o seu bom nome e defender as suas ideias. O que já custa a entender é que mediante uma campanha de difamação, esta sim, a provar-se a cabala, verdadeiramente infame, orquestrada por todos os jornais, televisões e rádios, mas também por vários dos delegados à Convenção, não tenha o devido auto de fé esclarecimento da parte do órgão de informação oficial do partido. Porque será? Em que é que ficamos? Qual a fronteira dessa tal “esquerda grande”?

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

5 respostas a NOVA CAMPANHA INFAME? Afinal o governo de esquerda é sem Sócrates ou sem o PS?

  1. Carlos Marques diz:

    Estás mesmo habituado a fazer jornalismo cor-de-rosa. Se tivesses tido alguma preocupação terias procurado ler o desmentido feito na própria Convenção minutos depois.

    Aqui está a notícia: http://m.tsf.pt/m/newsArticle?contentId=1847209&page=1

    Cumprimentos,
    Carlos Marques

    • Renato Teixeira diz:

      Jornalismo cor-de-rosa é um bom nome para uma posta com este assunto. Acha mesmo que uma declaração de um aderente “conotado com a direcção” se substitui a um desmentido? Se a campanha é infame porque não reagem como tal?

  2. Teixo diz:

    A tua sorte é teres, precisamente, o nome do meu filho.
    No entanto, acho que deves andar com muita azia. Larga-nos da mão porra!

Os comentários estão fechados.