O embuste da década (2001-2011)

1. Obama declara a “morte de Bin Laden”.

2. “O corpo de Bin Laden foi lançado ao mar”.

3. Não ficou nem uma fotografiazinha? (Ficou, ficou! Era photoshop.)

Será que os norte-americanos são assim tão imensamente estúpidos e eu conheço os únicos inteligentes? Ou será que são imensamente estúpidos os conselheiros de Obama? Ou será que é o Obama brutalmente estúpido? (E a comunicação social que engole e propaga aos quatro ventos?)

Margarida Santos Lopes, do jornal Público, explica “Os Três Porquinhos e o Lobo Mau” às criancinhas.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , . Bookmark the permalink.

45 respostas a O embuste da década (2001-2011)

  1. Rainha das Bichas do Chiado diz:

    O homem nestes anos todos não envelheceu. Não ganhou cabelos e pêlos da barba brancos, não acentuou as rugas de expressão, não ficou com menos cabelo, pele mais envelhecida, nada. Deve ter uma mutação genética, que desperdício aquele corpo atirado ao mar! Sempre poderia ser entregue à investigação. Recordam-se das armas de destruição maciça?

    • Bolota diz:

      Se tiveres em conta que era hemofilico…esses reparos ainda se agravariam mais, Obama por exemplo em menos tempo está cheio de cabelos brancos. Tambem pode ter a ver com a Michelle…digo eu

  2. xatoo diz:

    Zbigniew Brezinzski inventou Bin-Laden em 1979 no contexto da Guerra Fria para destabilizar os soviéticos. Brezinzski, um “democrata”, é o actual conselheiro de Barack Obama. Henry Kissinger, outro conselheiro para os assuntos sanguinários de Estado, mas “republicano”, reuniu com a secretária Hillary Clinton apenas há uma semana. Hoje é anunciado o abate de Bin Laden como uma grande vitória para a civilização ocidental.
    Estas coisas são simples, a malta é que continua a ver nelas subversivas teorias da Conspiração – claro que existem pequenos factos que levam a franzir a venta à alegria dos imbecis que andam aos pulos de contentes:
    Todos aqueles que se atrevam a contestar a veracidade dos factos ocorridos e relatados oficialmente sob a égide de George W. Bush em 11 de Setembro de 2001 serão incluidos nas listas de suspeitos de terrorismo e tratados como delinquentes de delito comum

    • Gentleman diz:

      Um dos mitos mais recorrentes é do alegado apoio dos EUA ao nascimento da
      Al-Qaeda.

      A Al-Qaeda nasceu do Maktab al-Khadamat (MAK) — uma organização mujahedin de resistência à invasão soviética do Afeganistão nos anos 80. Osama Bin Laden foi membro fundador do MAK, conjuntamente com o militante palestiniano Abdullah Yusuf Azzam. O papel do MAK era a de canalizador de fundos provenientes de múltiplas fontes (incluindo donativos vindos um pouco de todo o Médio Oriente) para o treino de mujahedins de todo o mundo no combate de guerrilha, e para transportar os combatentes até ao Afeganistão. Bin Laden e o MAK foram ajudados pelos governos do Paquistão e da Arábia Saudita, mas nunca pelos EUA, que canalizava todo o seu apoio à resistência afegã através dos serviços secretos paquistaneses, os ISI (Inter-Services Intelligence). Com efeito, o contingente árabe no Afeganistão durante a segunda metade dos anos 80 era pequeno e geralmente não se envolvia em batalhas, limitando-se a actividades de logística, alojamento, recrutamento e financiamento dos mujahedin. Bin Laden, o MAK e a maioria dos voluntários árabes eram praticamente desconhecidos da CIA e do governo americano durante a guerra para expulsar os soviéticos do Afeganistão; somente mais tarde, o agora famoso saudita chamaria à atenção dos EUA.

  3. Leo diz:

    Não houve justiça, não houve julgamento, não há corpo deste saudita, financiado pelos USA para lutar contra os soviéticos no Afeganistão e que foi sujeito a uma operação de assassínio tendo os marines ordens estritas para não o capturarem vivo.

    Estranho, não acham?

  4. Leo diz:

    Abbottabad, o resort de luxo onde vivia Bin Laden perto de Islamabad, a capital do Paquistão, está estreitamente associado à elite militar do país.

    É lá que estão alojados três regimentos das Forças Militares, lá vivem milhares de militares e lá está instalada a Academia Militar do Paquistão.

    E a casa de bin Laden estava a poucas centenas de metros da Academia Militar do Paquistão! Não acham tudo isto extraordinário?

    • José diz:

      “Abbottabad, o resort de luxo”

      Este Leo continua divertido!…

      • Leo diz:

        Até a wikipédia explica:

        “A cidade, também conhecida como A cidade do Bordo, é uma das mais limpas e bonitas do Paquistão.

        O Clima é temperado com 4 estações distintas. O verão é agradável enquanto o inverno é moderadamente frio, ocasionalmente com neve.

        A cidade é muito conhecida no Paquistão pelo seu clima agradável, e instituições de educação e militares de alto nível. É o principal centro turístico do país.”

        • José diz:

          lol
          e que tem isso a ver com “resort de luxo” e “resort de sonho”???

          Aliás, as imagens vistas da cidade, da “mansão” e do quarto bem demonstram o luxo oriental em que o Osama vivia!…

  5. Leo diz:

    Em Novembro 2010 o General Petraeus visitou a Academia Militar do Paquistão, situada a poucas centenas de metros da casa onde Bin Laden vivia há meia dúzia de anos, com todo o conforto e luxo, num resort de sonho! E o Petraeus não sabia?

  6. Foi milagre:

    http://lishbuna.blogspot.com/2011/05/so-para-dar-uma-ajudinha-vaticano-s.html

    Mas, agora a sério: acham que foi como a cena da chegada à Lua? Tudo feito em Hollywood?

    Mas, então, se é teatrinho, o homem não aparece já daqui a 2 horas, alive & kicking, num video (da já célebre colecção “Obama’s Greatest Hits”) a rogar pragas islâmicas sobre o Ocidente corrupto em geral e sobre o Portuguese Water Dog do Obama em particular?…

    • Pedro Penilo diz:

      Como bom amigo que sempre foi, não faria uma desfeita dessas… Vai morrer longe. Mas ainda que tivesse mesmo morrido de morte matada, o que eu não engulo só porque o Obama diz e os telejornais ordeiramente repetem, o embuste não ficaria minimamente abalado. Apenas sucederia que a personagem principal se tornou descartável.

      • Uau!… Já estou a ver as editoras livreiras a esfregar as mãos com o dilúvio de obras acerca do tema… tipo “Obama Is Alive And Living With Elvis – The True Story Of 4-1”.

        E filmes, resmas de filmes…

        • Pedro Penilo diz:

          Mais do que as que já se escreveram? O tema já está muito gasto. Por isso é que era necessário escrever “The End”.

  7. Gentleman diz:

    A fotografia (obviamente falsa) não foi divulgada pelo governo dos EUA. Tem origem no Paquistão.

    Esperava-se que o governo dos EUA, por esta hora, já tivesse divulgado fotos e vídeos com provas da morte de Bin Laden. Esta demora só ajuda os adeptos das teorias de conspiração.

    • Pedro Penilo diz:

      É mesmo um cavalheiro, tamanha a gentileza. Vamos ver se o Obama atende ao seu pedido.

      Aqui não há teorias da conspiração. Não há é papalvos.

      • Gentleman diz:

        Não há papalvos? Olhe que não, olhe que não.
        Pelo que tenho observado, há muitos por aqui que, com espantosa facilidade, engolem versões falsificadas da História. Desde que, claro, essas versões sejam favoráveis à sua ideologia.

        «Julgo que não há presos políticos em Cuba.»
        (Bernardino Soares, in Diário de Notícias)

        • Carlos Carapeto diz:

          «Julgo que não há presos políticos em Cuba.»
          (Bernardino Soares, in Diário de Notícias)

          Nem tão pouco os dirigentes dos sindicatos mineiros da Roménia estão encarcerados? Em Marrocos não estão presos mais de 2000 opositores. Na Tunisia, no Argélia, no Egito, no Barhein ++++++++++, também não há presos de consciência?

          Na Albânia a intervenção das tropas da NATO não sofucaram com sangue três levantamentos populares desde 1999?

          Nem Brezinski disse para Carter que os Soviéticos já tinham encontrado o seu Vietname, agora só temos que ajudar os opositores. Nem tão pouco lhe ofereceram de imediato uma “pequena” ajuda de $ 25 M ? E Quetara não se transformou no quartel general da CIA?

          Os espertalhões da direita transpiram verdades por todos os poros.

          • José diz:

            Este Carapeto é de uma fineza de argumentos fantástica!
            Mas que tem uma coisa a ver com outra?
            O Gentleman não diz que não existem presos políticos noutras latitudes, não esconde a realidade.
            Quem afirma que não existem presos políticos em Cuba é que fecha os olhos à realidade.
            O argumento do Carapeto passa por confirmar a existência de presos políticos em Cuba, sustentando que noutros países é muito pior!

          • Pedro Penilo diz:

            Claro que convém-lhe a si fechar os olhos à fineza argumentativa de Gentleman. Olhar para trás, mesmo que seja só um pouco, é a melhor maneira de não termos de fazer um grande esforço de compreensão. É tão bom acreditar no que nos impingem…!

            Gentleman vai buscar “Cuba”, porque já não sabe o que dizer.

          • Arlindo diz:

            Albânia? Ou Kosovo?

          • José diz:

            “Claro que convém-lhe a si fechar os olhos à fineza argumentativa de Gentleman. Olhar para trás, mesmo que seja só um pouco, é a melhor maneira de não termos de fazer um grande esforço de compreensão. É tão bom acreditar no que nos impingem…!”
            Que tem isso a ver com o que escrevi, pode explicar? Ou é só “amandar” uma “boca”?

            “Gentleman vai buscar “Cuba”, porque já não sabe o que dizer.”

            O argumento de Gentleman é bem claro e, parece, sabe bem o que quer: é demonstrar que aqui há papalvos que querem acreditar no que lhes dizem que devem, anexando a extraordinária frase do líder parlamentar do PCP como fundamento para o seu argumento.
            Em termos lógicos, é um argumento clássico, fundamentado no exemplo.

          • Pedro Penilo diz:

            José, você nem leu o post, pois não. Leu a primeira coisa que lhe apareceu à frente e vai disto. Gentleman estava com falta de argumentos e atirou a primeira coisa que lhe ocorreu: a cassete.

          • Gentleman diz:

            Carlos Carapeto,
            Apraz-me registar que reconhece implicitamente a existência de presos políticos em Cuba.
            Mas, de acordo com os magníficos exemplos que desencantou, ficámos todos a saber que em alguns outros locais do planeta também parece que há repressão. Só há um pequeno pormenor que não sei se reparou: a maioria dos exemplos que mencionou não são propriamente democracias… Por isso, vou contar-lhe uma conclusão a que cientistas políticos, após muitos anos de intenso estudo e reflexão, chegaram: nas ditaduras não há liberdade de expressão e é comum haver presos políticos.
            E quanto à Roménia, calculo que os sindicalistas devem estar com saudades de Ceausescu. Nesse tempo é que era democracia à séria.

            Pedro Penilo,
            Mencionei Cuba como poderia ter mencionado qualquer um dos regimes marxistas que existem ou já existiram. Literalmente qualquer um. Eu sei que exige um grande esforço de compreensão (sic) para justificar a falta de liberdade e repressão nos regimes marxistas… Muita compreensão e muita acrobacia.

          • Pedro Penilo diz:

            Não é mesmo capaz de se concentrar no tema, Gentleman. É que não tem mais nada para dizer… Um dia escrevo um artigo sobre CUba só para você pode r comentar. Valeu?

          • José diz:

            Li, olhe que li. E por ter lido o post, mas também os comentários, é que lhe fiz uma pergunta a que não respondeu e expliquei o argumento do Gentleman sobre a sua frase: “Aqui não há teorias da conspiração. Não há é papalvos , que não quer perceber.”
            E quando não se quer perceber, não há muito que se possa fazer.
            Quem está a tergiversar, portanto, não sou eu – ou o Gentleman – mas o Pedro

        • A.Silva diz:

          Se calhar não são presos politicos, mas sim pessoas financiadas e organizadas pelo governo americano, ou seja são pessoas que trabalham para um estado que desenvolve há meio século uma guerra bárbara e suja contra o povo cubano.
          Em tempo de guerra o local dos traidores é na prisão!

          • Gentleman diz:

            Plenamente de acordo. Todos os que exprimem uma opinião contrária ao regime, ou estão a soldo de um inimigo estrangeiro ou então são loucos (e são internados em hospitais psiquiátricos como acertadamente faziam os soviéticos). Porque, na verdade, ninguém no seu perfeito juízo pensa em opor-se ao magnífico regime cubano. Todos sabemos (e se não sabemos é porque a imprensa capitalista nos esconde a verdade) que milhões de explorados do mundo capitalista todos os anos procuram emigrar para essa paraíso caribenho. E nenhum cidadão cubano procura ou sequer deseja abandonar o país rumo ao inferno capitalista. Só se for louco, claro.

          • Pedro Penilo diz:

            Carlos Carapeto, vai ter de rever o seu comentário. Para eu o poder publicar.

          • A.Silva diz:

            Gentleman, não há pachorra para aturar a sua conversa formatada sobre Cuba, de quem desconhece a realidade cubana, de quem só sabe repetir os mesmos disparates propagados pelos supostos meios de comunicação.

            Sobre o facto dos EUA manterem uma guerra contra Cuba que se traduz num feroz bloqueio, com a exigência do seu cumprimento por todos os países e empresas do mundo (sob pena de retaliações), no apoio e promoção da invasão à baia dos Porcos, em inúmeros atentados à vida de dirigentes cubanos (principalmente Fidel), na criação e financiamento de grupos terroristas que já provocaram inúmeros danos económicos e centenas de vitimas (já ouviu falar de Luis Posada Carriles, terrorista que fez explodir um avião cubano provocando a morte a dezenas de cidadãos?), em criminosos ataques biológicos com o espalhar de pragas em campos agrícolas cubanos, numa ingerência despudorada no espaço radioeléctrico cubano, em permanentes campanhas para desestabilizar esse país, com o financiamento com milhões e milhões de dólares (em 2006 foram 80 milhões anunciados por Bush) de todos aqueles (pessoas ou grupos) traidores que se prestam a servir os interesses do império, na ocupação de uma parcela do território daquela ilha para a criação de uma das mais macabras prisões existentes ao cimo da terra (Guantánamo), sobre tudo isso não diz nada, limita-se a repetir os habituais disparates.

            Vê-se mesmo que é um gentleman

  8. JMS diz:

    É triste constatá-lo, mas Goebbels é que a sabia toda: quanto maior a mentira, mais facilmente os tansos a engolem. “Bin Laden” nunca passou dum espantalho útil, usado para incutir o medo e fomentar campanhas de pretenso contra-terrorismo, como na Alemanha em relação a comunistas, sociais-democratas e judeus. O mais cómico é verificar que a humanidade continua hoje tão estúpida como há setenta anos. Tanto pior para a esperança iluminista na educação e no progresso…

  9. LAM diz:

    no “Cão Azul”,
    “casa de Bin Laden também era projecto do engº Sócrates”

    http://www.facebook.com/photo.php?fbid=10150176428393778&set=a.175559773777.123133.175555518777&type=1

  10. xatoo diz:

    grande frase:
    “quanto maior a mentira, mais facilmente os tansos a engolem” (JMS)
    já é assim desde os tempos dos “mártires dos cristianismo” e serve perfeitamente ao Amado, Barroso, Santos Silva, etc – a ideologia do presidente nato Bushbama sobreleva os partidos que põe os tansos a bater palmas como as claques de futebol (entretanto vão pagando os orçamentos das guerras, sem que se dêem conta disso)

  11. xatoo diz:

    José 15;56
    em vez de dichotes parvos, devias ler mais e escrever menos. Tens aqui 33 “conspirações” que estão na calha para transformarem a obra oculta da Corrupção politico-económica em realidade. Podes começar a desmenti-las a todas!
    é um site útil:
    http://www.newworldorderreport.com/Articles/tabid/266/ID/980/33-Conspiracy-Theories-That-Turned-Out-To-Be-True-Why-Do-So-Many-People-Not-Know-These.aspx

  12. José diz:

    Este xatoo continua em grande forma!
    É claro que não é para mim que ele escreve, já que não tive qualquer comentário às 15:56, mas, seja como for, é sempre enternecedora a preocupação do xatoo em informar-nos de todas as conspirações em movimento.
    E hoje são… diga, diga… 33!
    Que seria de nós sem o xatoo e as suas teorias de conspiração e o seu anti-semitismo primário?
    Poderíamos viver sem o xatoo e os seus comentários? Podiamos… mas não era a mesma coisa!

    • JMS diz:

      Poderíamos viver sem papagaios cujos “argumentos” se reduzem a frasezitas, pretensamente cómicas, tiradas de anúncios televisivos? Podíamos, e seríamos bem mais felizes, porque a estupidez humana é deprimente.

      • José diz:

        Não duvidemos da inteligência do JMS e do seu discernimento em captar argumentos.
        “estupidez humana é deprimente”
        Não duvido da sua infelicidade, JMS, mas não precisa de apregoá-la…

        Pedro, será esquecimento ou censura, a não publicação do comentário das 16,60h?

Os comentários estão fechados.