deixa-te de políticas, que a tua política é o trabalho, trabalhinho, porreirinho da silva….

Um relato, em primeira mão, da brutalidade policial que ocorreu ontem em Setúbal. Pelo Ricardo Noronha.

Desengane-se quem vê nisto apenas arbitrariedade. Esta é a face mais flagrante do arsenal de violência física e simbólica que protege o governo das desigualdades.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

4 Responses to deixa-te de políticas, que a tua política é o trabalho, trabalhinho, porreirinho da silva….

Os comentários estão fechados.