“Há uma parte do eleitorado que quer ser enganada”

Afirmou Miguel Relvas. Terá dito isto temeroso ou confiante?

Vejamos lá:

“Eu quero chegar a casa, depois de ganhar as eleições, todos os dias e quero que a minha filha tenha orgulho daquilo que está a ser feito”…”Eu no lugar do engenheiro Sócrates tinha vergonha, eu se fosse parente do engenheiro Sócrates escondia que era parente dele”…”Nós temos sondagens, ‘tracking diário’, e vejo a evolução, como é que a coisa está, e vejo que sempre que falamos verdade, sempre que vamos mais longe na mudança, os portugueses retraem-se”…”Sabem que é uma coisa que me custa muito, é que a sensação que eu tenho é que ainda há uma parte do eleitorado que quer ser enganada. Ainda há uma parte do eleitorado que quer ser iludida, quer ser enganada e quer ser iludida”…”é bom que haja sondagens que aproximem PSD e PS”… “Na hora da verdade vai ser o clique de que os portugueses vão precisar. Boas sondagens para o engenheiro Sócrates é o clique da nossa mensagem para ganharmos as eleições”…”Estou convencido de que as pessoas vão arriscar a mudança, porque nós merecemos o benefício da dúvida”

É bom de ver que o PSD está no bom caminho para continuar a descer nas sondagens. Como diz o Carlos, voltemos ao Sócrates.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

7 respostas a “Há uma parte do eleitorado que quer ser enganada”

  1. José diz:

    Até acredito que o JOSÉ Relvas tenha afirmado tal, mas esse republicano já morreu há uns anitos…

    • Renato Teixeira diz:

      O que seria de mim sem o zeloso JOSÉ… Gostou da homenagem? É toda pela sua persistência.

  2. José diz:

    🙂 Meu caro Renato, é sempre um prazer ser homenageado por si!
    Agora, você anda muito sensível. Era um evidente lapso e limitei-me a apontá-lo de forma bem-humorada.

    • Renato Teixeira diz:

      All good republican fellows.
      Este Miguel, com estas declarações, colocou-se para chefiar o Ministério da Família e da Solidariedade Social.

    • miriam diz:

      Não é este sr. ligado a compras de empresas em falência q depois não as paga?Nem ao preço da uva mijona…da-se!O Arrebenta num dia destes ,é que lhe vai desancar sem dó nem piedade.Eheheh.Pois,Renato logo penso no mandatário na Mealhada, q usa farda laranja,do colocador de medalhas em pedófilos de bengala no 25 de abril…

  3. Justiniano diz:

    Nada disso Renato, o tipo Relvas acabou por dizer a única coisa verdadeiramente decente em toda a sua vida política ou coisa parecida!!
    Estamos a falar do Relvas, Renato!! O indivíduo é sobremaneira conhecido por ser esforçado, cordial e muito contido mas simultaneamente é também conhecido por não ser profícuo no verbo, pouco versado nas artes do pensamento e muitíssimo leve!!
    É, portanto, como dizia, aquilo a que vulgarmente apelidamos em ornitologia, um bom pato!
    Depois, acontece Sócrates à beira das eleições e o Relvas atira-se genuina e candidamente, de peito aberto e coração nas mãos, dizia, inspirado pela instilação do mostrengo!! É tudo o mais decente e genuino que alguma vez pôde oferecer!! E tudo por inspiração do outro, o tal Sócrates!! Vê, Renato, ao quanto nos leva o homem! Inspirou o tipo Relvas, bom moço, contido e tudo, à transcendencia, à estultícia atropelando palavras e pensando um pouco mais aceleradamente com o coração e a esperança!!
    Queres melhor momento de consagração da perseverança da alma humana!!??

Os comentários estão fechados.