Um eurocanalha que deputa

O Nuno já aqui falou desta “notícia“. Miguel Portas, eurodeputado que deu a voz no Parlamento Europeu pela elementar defesa da proibição do pagamento de voos em primeira classe nos voos de pequeno curso, foi fotografado a dormir num avião, diz a notícia, em classe executiva. O jornal espanhol de direita “El Confidencial” faz o seu texto a partir de uma imagem, omitindo que a fotografia terá sido tirada há dois anos num voo de longo curso a Moçambique, o que revela o carácter de quem o dá à estampa. Por outro lado, mais relevante para a maioria dos portugueses, é a informação que esta fotografia terá sido gentilmente cedida (ou eventualmente bem cobrada) por um eurodeputado português indisposto pela possibilidade de deixar de arrastar o seu cu por executiva. Descobrir o eurocanalha não será muito difícil, bastando cruzar a lista de eurodeputados do PS (Correia de Campos e Capoula Santos) e PSD que votaram a favor da manutenção das regalias, com a da delegação do PE a Moçambique. Os jornais deviam fazê-lo e o eurocanalha devia perder livrar-nos da sua deputação.

 

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

9 respostas a Um eurocanalha que deputa

  1. a anarca diz:

    Chega um pouco tarde esta consciência turistica 🙂
    5 de abril de 2011????
    para mim é tudo uma canalhada
    quem vai à guerra dá e leva

  2. Carla diz:

    Sobretudo quando o eurocanalha em causa já é repetente na acção… e tem no seu belo currículo a utilização de fundos do parlamento europeu para aparecer num episódio dos “Morangos com Açúcar”….

  3. Axo isso uma pulhice</ inacreditável, apanho o «lambécunas», fica estentido no chão.
    Isto não é uma informação nem um aviso, é a outra coisa. Estou velho, mas tenho treino.

    🙁

  4. António Figueira diz:

    Tiago,
    Perder o seu mandato porquê, pelo crime de sacanice agravada?
    Compreendo a tua posição, mas não confundas a moral com o direito.
    Abraço, AF

  5. Augusto diz:

    Tiago já ontem escrevi sobre isto.

    O deputado do PSD José Manuel Fernandes fez parte dessa delegação a Moçambique, em 2009
    O deputado do PSD José Manuel Fernandes foi o relator da proposta dos tais voos em executiva, que Miguel Portas condenou.
    O tal jornal El Confidencial ( que confesso me era totalmente desconhecido) publica a foto, e refere que ela lhe foi enviada por um eurodeputado português, incomodado com as criticas de Miguel Portas.

    Este deputado do PSD teve motivo, oportunidade, é claro que se houvesse jornalismo de investigação em Portugal, HOJE já se saberia com toda a certeza quem teria sido, assim ficam só as suspeitas, que rápidamente a espuma dos dias fará esquecer, e o que vai ficar é a a mentira, de que Miguel Portas quer os colegas a viajar em económica, mas ele viagem em executiva.

    E assim vai a politica á portuguesa.

  6. miguel serras pereira diz:

    Tiago Mota Saraiva,
    o António Figueira tem, sem dúvida, razão na ressalva que introduz. O que, deixando de lado esse ponto, em nada diminui – antes reforça – o repúdio que no deve merecer o recurso a métodos de “combate político” como o utilizado contra o Miguel Portas. A não pertinência da possibilidade de punição legal torna mais pertinente ainda a denúncia política da manobra. E creio que o AF não contestará que assim é. Do mesmo modo que creio que o Tiago aceitará a ressalva, que tem a seu favor também funcionar como um alerta contra a “judiciarização” da luta política.

    Saudações republicanas

    msp

    • Tiago Mota Saraiva diz:

      msp, a referência à “perda de mandato” não procurava uma punição legal mas política. De qualquer forma, já alterei o texto.

      • miguel serras pereira diz:

        Nunca duvidei que a intenção fosse essa – e já dei tarde pela emenda que, a meu ver, dissipa o equívoco da primeira formulação.

        msp

Os comentários estão fechados.