um por dia, vai ver o bem que lhe faz 9.0

Artigo 9.º

(Tarefas fundamentais do Estado)

São tarefas fundamentais do Estado:

a) Garantir a independência nacional e criar as condições políticas, económicas e culturais que a promovam;

b) Garantir os direitos e liberdades fundamentais e o respeito pelos princípios do Estado de direito democrático;

c) Defender a democracia política, assegurar e incentivar a participação democrática dos cidadãos na resolução dos problemas nacionais;

d) Promover o bem-estar e a qualidade de vida do povo e a igualdade real entre os portugueses, bem como a efectivação dos direitos económicos, sociais, culturais e ambientais, mediante a transformação e modernização das estruturas económicas e sociais;

e) Proteger e valorizar o património cultural do povo português, defender a natureza e o ambiente, preservar os recursos naturais e assegurar um correcto ordenamento do território;

f) Assegurar o ensino e a valorização permanente, defender o uso e promover a difusão internacional da língua portuguesa;

g) Promover o desenvolvimento harmonioso de todo o território nacional, tendo em conta, designadamente, o carácter ultraperiférico dos arquipélagos dos Açores e da Madeira;

h) Promover a igualdade entre homens e mulheres.

Constituição da República Portuguesa, 7.ª revisão constitucional, 2005

Sobre Sassmine

evil fingering.
Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

13 respostas a um por dia, vai ver o bem que lhe faz 9.0

  1. Renato Teixeira diz:

    Não faltará aí o boi que nos governa?

  2. Sassmine diz:

    Não havia espaço para todos. Quando a foto original saíu da parede da António Maria Cardoso, também já era outro boi que governava… e convenhamos, este boi é o verdadeiro símbolo das autoestradas que nos trouxeram a este brilhante destino. Os outros bois não são muito mais que continuadores da escola de boliqueime.

    • Renato Teixeira diz:

      Não concordo. Cavaco está transformado numa espécie de rainha de Inglaterra. Nos últimos vinte anos, foram outros os grandes responsáveis. A omissão do PS na crítica ao regime ajuda a que se perpetue a ideia de que eles não têm responsabilidades. No que diz respeito ao envio de um programa de esquerda para a gaveta, são eles, mais do que todos os outros, os seus grandes coveiros. A direita, como diz o outro, faz o seu trabalho de classe.

      • Sassmine diz:

        eu disse que ele era um símbolo, não que não havia outros responsáveis, Renato. são duas perspectivas diferentes. e acho que esta imagem não implica qualquer omissão.

        eu como nunca vi o ps como um partido de esquerda… olho para esta imagem e não é por não ser a fronha do sócrates que vejo menos PS nela. é aquela história do pedido do café: —olhe, traga-me um ps, por favor; —com certeza, com d ou sem d?

  3. «Boi» no Puarto-carago é um insulto grave.
    Dá direito a porrada.
    «Pastor» é um insulto aceitável.
    Resolve-se.

    🙂

  4. Sassmine<, quem manda aki é o Espírito Santo acima referido.
    Eles sabem como faxer.
    Há uma data de tempo.
    Nem sequer ‘hoydia’ isto é informaçao priveligiada…

    😉

  5. Sassmine diz:

    😉

Os comentários estão fechados.