Da falta de pachorra para Manuel Alegre

A propósito desta declaração, será que algum congressista do PS conseguiria dizer sem se rir que uma solução de esquerda durante o próximo século, pode passar pelo partido dos seguintes:

… e já agora, o Abominável Homem dos Gravadores.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

Uma resposta a Da falta de pachorra para Manuel Alegre

  1. joaovalenteaguiar diz:

    Tiago,

    cada um tem um papel a desempenhar no teatro. O Boaventura é o intelectual da esquerda do sistema. O Pulido Valente é o intelectual orgânico das vozes hegemónicas do sistema. O Manuel Alegre é o tipo que aparece a fazer de conta que é de esquerda, engana papalvos e volta a trazê-los à casa do “socialismo democrático”, isto é, pôr massas com consciência intermédia na ordem.

Os comentários estão fechados.