Um por dia, vai ver o bem que lhe faz.

Artigo 1.º
(República Portuguesa)

Portugal é uma República Soberana, baseada na dignidade da pessoa humana e na vontade popular e empenhada na construção de uma sociedade livre, justa e solidária.

Constituição da República Portuguesa, 7.ª revisão constitucional, 2005

 

Até amanhã.

Sobre Sassmine

evil fingering.
Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

6 respostas a Um por dia, vai ver o bem que lhe faz.

  1. m diz:

    é fantástico como os rapazes acreditam nessas coisas histórias da carochinha. e depois o sexo fraco são as mulheres? porra , o ópio bola é dez mil vezes pior que o religião. ao menos a religião procurava o auto controlo. assim como tentava sublimar instintos. a bola canaliza-os mal. deviam estar a linchar/fuzilar ( literalmente , pois ) políticos , não a discutir golos e palavreado.

  2. Tiago Mota Saraiva diz:

    Bem lembrado!

  3. Bruno Peixe diz:

    Pois Sassmine, eu diria que nem tudo faz bem por igual neste artigo. Que a liberdade, a justiça e a solidariedade estão indissociavelmente ligadas à vontade popular, não podia estar mais de acordo. Mas que o soberanismo republicano seja o lugar onde essa vontade se pode realizar já tenho as minhas maiores dúvidas. Parece-me que o povo que pode cumprir essa vontade de justiça e solidariedade não é o povo da nação. Não sei qual será, e pergunto-me sequer se é desejável apontar quem quer que seja para esse lugar, mas esse parece-me que não é.

    Abraço,
    bruno.

  4. Leo diz:

    Recusando a intervenção financeira externa que o Governo ontem anunciou, o PCP usará todos os meios ao seu alcance para a combater. Neste sentido, anunciamos a convocação de uma grande acção de indignação e protesto, um comício a realizar no próximo Sábado dia 9, pelas 17h30 na Rua Augusta em Lisboa, sob o lema: “Contra a ingerência e o desastre. Por uma política patriótica e de esquerda”.

    Contando com a participação de muitos comunistas, o PCP apela a todos os patriotas e democratas que se sentem agredidos por esta política de injustiças e declínio nacional para que participem nesta acção, afirmando a exigência de um outro rumo para o país.

    http://www.pcp.pt/sobre-o-pedido-de-interven%C3%A7%C3%A3o-externa-e-resposta-do-pcp

  5. Sassmine diz:

    lá estarei. nem que chovam picaretas.

Os comentários estão fechados.