Devolvam-nos o nosso dinheiro!

Como é possível que o Banco de Portugal promova uma reunião de banqueiros para obrigar o país a recorrer ao FMI? Como é possível que a mesma banca a que o Estado dá avales de loucura se arrogue tentar dominar, desta vez às claras, a política do país sem a devida resposta dos cidadãos? Como é possível que o banco público se negue a emprestar dinheiro ao Estado? Como é possível que o Estado não declare imediatamente que passará a atribuir os fundos de apoio às PME’s ou do QREN sem que as verbas passem (e fiquem) pela banca privada? Como é possível que não se responsabilize esta trupe de cangalheiros pelos buracos do BPN, BPP e BCP, no qual todos tiveram participações? Como é possível que o Estado não retire imediatamente as garantias públicas que oferece à banca privada?

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

30 Responses to Devolvam-nos o nosso dinheiro!

  1. É mesmo vergonhoso… e todos assistem serenos.

  2. Pisca diz:

    E se chegarmos ao Banco ou Mocho lá como se chamam estes fulanos e dissermos, dê cá o dinheirinho que tem aí guardado e tem andado a emprestar por aí aos Berardos & Cª. ?

    Umas horas bastavam

  3. Carlos Vidal diz:

    Pelo ar da pose colectiva, estes tipos ou estão a ouvir o Generalíssimo (Franco, o próprio, reencarnado para o prazer destas gentes), ou estão a ouvir o mago das Finanças de Coimbra (mas, aplicando a bitola “oliveiresca”, este, o de Coimbra ou Santa Comba, era um mal menor, permitia mais descontracção na parada!).

  4. A C da Silveira diz:

    Caso BPN: O ladrão nº1, está preso e a ser neste momento julgado. Convem lembrer que foi Miguel Cadilhe, depois de mandar fazer uma aturada auditoria às contas do BPN que denunciou Oliveira e Costa. E para recuperar o banco pediu um credito de 600 milhões de euros à CGD. Pedido o paraecer do Banco de Portugal, Constancio com a auditoria na mão, disse que 485 milhões eram suficientes para recuperar o BPN.
    Mas o governo resolveu nacionalisar o banco, e em 2 anos torrou lá mais de 5mil milhões de euros. Porquê? Se depois da auditoria eram precisos 485 milhões segundo Constancio, ou 600 milhões segundo Cadilhe, nós os contribuintes que temos que pagar a conta, queremos saber para que serviram os 4 mil e tal milhões que o governo lá meteu. Mas eu não vejo ninguem a perguntar isto. Parece que estão todos muito satisfeitos com a utilização que o PS tem dado a esta questão: arma politica contra o PSD e o Presidente da Republica. E nós a pagar. Somos muito espertinhos, não somos?
    O caso do BPP é mais simples, mas igualmente grave: é só ver para que serviram os 450 milhões que o estado avalisou e agora tem que pagar, e quem os recebeu. A partir daí se calhar percebemos melhor alguns apoios importantes para a sobrevivencia politica do Socrates.

    • Pedro Lourenço diz:

      ó ‘migo, o Rendeiro do BPP tambem só precisava de 700 milhões e olhe, nem para mandar tocar um cego o BPP tem dinheiro…

    • Carlos Capitão diz:

      Tem toda a razão, amigo. Mas esta malta não quer ver, esta gente só tem certezas, nunca tem dúvidas. Para eles a culpa é dos banqueiros, destes que estão todos alinhadinhos, e nunca de quem nos pôs ou quer pôr de cócoras.
      Esta gente não quer saber dos milhões que se gastaram no BPN aparentemente sem qualquer vantagem, não. Esta gente limita-se a ficar indignada e a grita: como foi possível?

  5. Idi na hui diz:

    E chamam a ‘isto’ de democracia.A minha democracia era já espetá-los contra a parede e,tirar-lhes o retrato do mesmo modo q eles fazem quando é para tomar conta dos recursos dos outros países.
    Eis, como rapazes como estes, teem ‘feito’ pelo Iraque….
    http://resistir.info/iraque/relatorio_zangana.html

  6. am diz:

    que linda foto
    parece o mount rushmore

  7. Simples Tiago M.S.
    Há meses e meses que a banca aki não consegue financiamento no exterior.

    🙁

    • Tiago Mota Saraiva diz:

      Consegue sim! A banca portuguesa só tem conseguido financiamento internacional com o aval do Estado. Desde 2008!
      Os pobrezinhos do BCP já falharam… e, ao que parece, já tivemos de entrar com 450.000.000€…

    • Rocha diz:

      Coitadinhos!! Ajude-os Alvega seja um bom samaritano e organize já o peditório.

      Você a falar assim quem sabe se não pode arranjar um lugarzinho no próximo bloco central. Vá lá receber o FMI e leve flores. Seja muito feliz com essa corja e tenha medo, tenha muito medo… para saltar a tampa deste povo já não falta muito.

  8. rafael diz:

    talvez não fosse má ideia suspender os mercados durante uns 6 meses, só para pôr tudo na ordem…

  9. Pedro Lourenço diz:

    Nacionalize-se a banca e meta-se essa corja na cadeia.

    Mostre-se o manguito aos chulos e viremo-nos para o Brasil e para a China.

    Deixe-se morrer devagarinho os EUA e a Europa. O seu tempo está a acabar.

    Façamos parte da nova ordem.

  10. Não tenho a certeza que quer o Brasil quer a China estejam para sustentar a nossa livelyhood… até porque o people lá vive pior.

    🙁

  11. José diz:

    Pois, pois… mas para isso seria necessário que o Brasil e a China nos quisessem e, pela amostra do Brasil, não parece ser o caso.

  12. Pingback: Devolvam-nos o nosso dinheiro! – Tiago Mota Saraiva «

  13. Então é assim(desde 2008 e em euros):
    4 mil milhões em cash
    mais de 20 mil milhões em avales
    cerca de 7 mil milhões enterrados no BPN
    Cerca de 465 milhões no BPP
    Cerca de 4 mil milhões (em 2010) SÓ EM JUROS gamados dos nossos impostos no esquema de «eu vou ao BCE pedir a 1% e empresto-te a 4 a 5, a 6, a 7, a 8, a 9… por cento»

  14. Pingback: Vale a pena?… « APEDE

  15. Pingback: Eles têm força e a democracia? | caion.com.br

Os comentários estão fechados.