O REGRESSO DA CONTESTAÇÃO NA RUA E NA MÚSICA

Na próxima quarta-feira às 22 horas, o Chapitô em parceria com o 5 dias. Debate sobre a ascensão da geração à rasca nas ruas e o reaparecimento da música de intervenção.

Oradores:

Helena Matos – (Blasfémias)

João San Payo – Músico dos Peste & Sida

Miguel Morgado – Cachimbo de Magritte

Tiago Mota Saraiva – 5 dias

António Tomás – Jornalista, antropólogo e colunista no Novo Jornal (publicação angolana)

Sérgio Vitorino – 5 dias/ Panteras Rosa

Moderador:

Vítor Belanciano – Crítico cultural e jornalista

30 de março, às 22 horas, no Chapitô

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a O REGRESSO DA CONTESTAÇÃO NA RUA E NA MÚSICA

  1. maradona diz:

    porra, tanta democracia. até enjoa, por deus.

  2. Parabéns !
    Não vou poder cá (neste país…) estar nesse dia, mas desejo-vos tudo de bom, esplêndida ideia.
    Espero ler ‘reports’ depois.

    P.S.
    A ‘alma’ do «Chapitô» ainda é a Tété Ricou ?

    🙂

  3. LM r diz:

    A ver se não me esqueço de perder isso 🙂

  4. as panteras são rosa, rosas são as flores.

  5. Pingback: O New Wave, a Old Fashion e o Futuro. Que fazer? | cinco dias

  6. Pingback: O que tu queres é música fácil? | cinco dias

Os comentários estão fechados.