Demissões…

Parece que a saída do Sócrates nao foi a única a satisfazer os membros deste blog. Pelo menos o Renato e o Carlos Guedes terão também apreciado esta demissão:

João Almeida pede demissao do cargo

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

5 respostas a Demissões…

  1. Tiago Mota Saraiva diz:

    Amofina-se por uma secretaria de estado.

  2. Pisca diz:

    Sendo o Belém o meu clube de sempre, nunca gostei nem um bocadinho desta personagem, desconfio sempre dos passam a vida a dizer “eu”, “eu”, “eu”, e agora vai de se por a andar, outras coisas andam por aí, e o congresso foi na semana passada.

    Fica o registo das atitudes que tomou para com os funcionários do clube, onde ensaiou logo a forma de resolver a questão, ao que sei, salarios em atraso, meses e meses, despedimentos e pagamento do que era devido em prestações de 500€ ao que se dizia por longos tempos (anos), não sei como ficou o assunto

    Enfim mais um pendurado do futebol, mas como disse noutro lado, ali não havia estado para deixar a factura pendurada, fia mais fino

    Pobre Belém que acaba sempre por ser o mais prejudicado por arrivistas

  3. Carlos Guedes diz:

    Sem dúvida! Só falta a descida de divisão!!!

  4. António Paço diz:

    Ora aí está uma boa notícia para o Belém. Ter o almirante Cabeça de Abóbora no nome do estádio ou este Joãozinho Almeida do CDS como presidente era mais ou menos como descer de divisão…
    Isto até dá vontade de cantar (como o Adriano Celentano):
    Cerco l’estate tutto l’anno
    e all’improvviso eccola qua.
    Lei è partita per le spiagge
    e sono solo quassù in città,
    sento fischiare sopra i tetti
    un aeroplano che se ne va.
    Azzurro,
    il pomeriggio è troppo azzurro
    e lungo per me.
    Mi accorgo
    di non avere più risorse,
    senza di te,
    e allora
    io quasi quasi prendo il treno
    e vengo, vengo da te,
    ma il treno dei desideri
    nei miei pensieri all’incontrario va.

Os comentários estão fechados.