Coitado! As coisas que um coitado é capaz de dizer, escrever e pensar (por isso é que o conceito “direitos humanos” me é incompreensível: o que é essa coisa, “humano”?)

«Sendo uma pessoa naturalmente generosa, admiti de início que a área do Rossio poderia rondar 2 hectares.

Mas não: usando um método razoavelmente rigoroso cujo segredo não estou autorizado a divulgar, posso anunciar-vos que não chega sequer a 1 hectare.

Não compliquemos, porém. Admitamos então que a área é de 1 hectare, recordemos que 1 hectare equivale a 10.000 m2 e façamos de conta que o Rossio rebentava de gente pelas costuras.

Ora aqui fica um problema simples, que até um licenciado em Letras deveria ser capaz de resolver: quantos manifestantes deveria haver por m2 para que na praça coubessem 200 mil?»  [João Pinto e Castro]

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

20 Responses to Coitado! As coisas que um coitado é capaz de dizer, escrever e pensar (por isso é que o conceito “direitos humanos” me é incompreensível: o que é essa coisa, “humano”?)

Os comentários estão fechados.