Sócrates, geração à rasca e uma pergunta do contribuinte


Foto retirada do DN
Estes garbosos seguranças, com ar de polícias, que nesta fotografia foram apanhados a espancar jovens que incomodaram sua excelência o secretário-geral do PS, foram pagos pelo contribuinte?
A gente percebe a fúria, parece que os jovens em questão eram mesmos licenciados, mas não me apetecia que estivessem a usar o dinheiro dos meus impostos para reprimir pessoas. Sou um bocadinho alérgico a isso.

Sobre Nuno Ramos de Almeida

TERÇA | Nuno Ramos de Almeida
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

36 respostas a Sócrates, geração à rasca e uma pergunta do contribuinte

  1. Paz diz:

    Nuno, desculpa lá mas não vejo ninguém a “espancar” ninguém… Vejo os “seguras” a enxotar a malta e a malta a fazer fitas género aquelas dos futebolistas à cata da falta…

  2. Paz diz:

    … Se é verdade que houve “espancamento”, arranja uma foto mais ilustrativa, esta só dá para gozar.

  3. joaovalenteaguiar diz:

    É uma vergonha é o que é Nuno. Se há marca da “governação Sócrates” ela passa sempre pelo ódio a quem o contesta e à correlativa repressão. Tudo isto conjugado com as políticas neoliberais que ele tem aplicado. Aliás, uma coisa é inseparável da outra. Por detrás do manto diáfano do mercado, a leveza do cacetete.

    Abraço

  4. joaovalenteaguiar diz:

    Reparei agora no que vinha no Público: «Agante [jovem desempregado que participou no protesto] criticou ainda Sócrates por ter dito que o PS é um partido de tolerância: “Enquanto nós estávamos a ser empurrados e pontapeados, eu não tirei os olhos dele, ele estava com um sorriso de satisfação na cara”.»

    Ao desprezo dos dominantes, soma-se cada vez mais o desejo de luta de mtos jovens.

  5. idi na huy diz:

    Não.Foi o Dias Loureiro com a pipa de massa que roubou.10 000 milhões de Euros é obra.Aposto q na manif de sábado lá estará a GARBOSA POLICIA só para ver se prende os famosos meliantes.É,não é?

  6. Pergunta um contribuinte:porque e que o Nuno tem de escrever assim? Efeito falancio?
    Claro que o ps Viseu, e os militantes que gritaram ps enquanto os gorilas armani expulsavam os jovens , sao repugnantes. Mas o Nuno pode continuar a escrever normalmente, sem perder a eficácia. acho eu.
    (escrito em iPad)

  7. ricardosantos diz:

    Olha se os garbosos seguranças fossem da policia militar ha uns anos atras já era democracia.

  8. Se uns tantos simpatizantes de Sócrates pegarem em megafones e forem “tomar a palavra” para a manifestação de dia 12, serão acolhidos com simpatia e serão chamados ao microfone para dizerem o que lhes vai na alma?

    • joaovalenteaguiar diz:

      Só um oportunista ou um grande banqueiro pode simpatizar com o Sócrates e as suas políticas…

    • Carlos Vidal diz:

      Mas existem de facto simpatizantes dessa coisa?
      Ou há coisas que são obrigadas a ser simpatizantes dessa coisa?

    • Carlos Vidal diz:

      Mas, realmente, no fundo no fundo, não se trata de ser simpatizante ou não de Sócrates, como o meu camarada João Aguiar e eu próprio escrevemos, dissemos.
      O que é estúpido (repito, estúpido!, de uma estupidez socratelha, como só ela o sabe ser) é a comparação – entre os jovens que intervieram na jantarada socratelha e os desordeiros filhos da mãe que vierem eventuamente provocar incidentes na manif de 12 de Março (ou 19 de Março).
      É estúpida a comparação, porque, claro, os jovens intervenientes têm todo o direito de questionar o governante, que, como tal tem de as prestar; agora, os jagunços do governante não deverão evidentemente aparecer numa manif, a não ser para dar as respostas que o governante não deu nem dá. (E, em nome da higiene, onde está governante referente a Sócrates, escreva-se “governante”.)
      Fui claro?

  9. Stasi diz:

    Nem no meu tempo (ai que saudades!!!) a gente tratava assim os jovens corrompidos pela propaganda imperialista. Sinceramente, espancarem assim estes jovens, isto não se faz.

  10. http://jornaldeangola.sapo.ao/18/71/policia_nacional_fez_detencoes_para_impedir_actos_de_agressao

    Aconteceu e também acho que aqui os seguranças do PM fizeram bem para evitar que fossem espancados pela população irada que ovacionava Sócrates no exterior do salão!!!!

  11. Ferreira Lourenço diz:

    Ando na política desde os 16 anos, hoje tenho 55, fui dirigente estudantil, dirigente sindical e fui e sou dirigente de um partido político. A isto chama-se agora e sempre “provocação”.

  12. montenegro diz:

    O Nuno Tito Morais Ramos Almeida, sempre foi capaz de dar saltos emprachados para a frente… e flic flac para traz – se falares com ele… e pedir-lhes para pôr o texto ao contrário..verás o Nuno, a fazer uma musica celestial tal como ele leva ao festival da paródia…Não se pode levar a sério

  13. Nuno, desculpa lá, andas a fazer-te mais novo que és ?
    Espancar à séria, era no «antigamente» e quando dava a gente (a minha gente, pelo menos…) «espancáva» os gajús de volta, mãos nuas , a cara e a coragem contra «milicos» com casse-têtes.
    Na altura nem armas tinham, ou akilo era tão velho que nem dos coldres as tiravam, não fôsse explodir-lhes nas unhas.

    Isto são umas ‘cóciguinhas’.

    🙂

  14. André Salgado diz:

    Pergunta também um cidadão contribuinte ao Nuno Ramos de Almeida, conhecido combatente pela nossa democracia: o que diria, se um grupo de jovens, ou menos jovens, de uma “geração parva” ou outra, organizados com megafones, t-shirt´s e cartazes (por quem, ou com a ajuda de quem, fica à consideração da sua perspicácia de jornalista), irrompesse por um jantar ou reunião partidária do PCP ou do BE?
    É giro brincar às democracias, não é?

    • Figueira diz:

      Os jovens têm lugar dentro do Partido Comunista, desempregados, licenciados ou não, contratados, efectivos ou a recibos verdes. E têm também voz, existem formas de se fazerem ouvir dentro desse partido, ao contrário do Partido Socialista, ou do seu irmão gémeo, o PSD, onde só tem voz o “filho do senhor doutor”, e quando se faz ouvir é para pedir um cargozito bem remunerado e onde trabalhe pouco! Compreende as diferenças?

  15. José Manuel diz:

    E eu também não queria que os meus impostos fossem gastos em muitas tretas…mas são..

  16. rui david diz:

    “E têm também voz, existem formas de se fazerem ouvir dentro desse partido, ao contrário do Partido Socialista, ou do seu irmão gémeo, o PSD, onde só tem voz o “filho do senhor doutor”, e quando se faz ouvir é para pedir um cargozito bem remunerado e onde trabalhe pouco” paleio destes, de gajos que andam a ver muitos filmes, faz-me lembrar o célebre neocon cuja epifania surgiu quando, militante da extrema esquerda americana, filho de militantes socialistas, teve uma reunião com uma Rockfeller qualquer e, ao contrário do que ele imaginava, não lhe apareceu um monstro verde com 4 cabeças, cornos e pés de cabra…

  17. xxx diz:

    Talvez lhe ficasse bem começar a identificar os autores das fotografias que coloca no blogue. No caso, os aqui referidos: http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1800868

  18. Bolota diz:

    Deixem-me adivinhar, estes marmanjos de megafone em punho era comunas…que não deixam o homem é paz.
    Espero anciosamente o dia em que este pilho leve um lambadão no focinho

  19. M. Abrantes diz:

    Não tenho dúvidas que se um grupo de jovens de direita entrasse numa palestra do líder do PCP, seriam igualmente expulsos. Há coisas em que a política já morreu, há muitas, muitas décadas.

    No caso em questão tratou-se de uma absoluta falta de classe de Sócrates. Além de ser cínico por natureza, o primeiro-ministro foi também pouco inteligente, revelando o tacto político de um ouriço. Enfim, quem quiser que se finja surpreso.

  20. Nuno Dias diz:

    coisas que me aborrecem:
    – o direito que meia dúzia de cachopos julgam que têm em impor a sua presença
    – as respostas cínicas de Sócrates
    – a demagogia e mentira deste post

  21. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Nuno Dias,
    Tu és apenas burro.
    Aquilo que eu contesto neste post que tu e alguns comentadores não perceberam, pq isso exige estar concentrados 5 minutos, é que se use a PSP, paga tb por mim, para segurança das acções políticas do PS.
    Ao contrário de ti, acho que meia duzia de cachopos têm direito a ter uma opinião.
    Já participei em acções do tipo, como interrupção por estudantes de cerimónias académicas, e acho que algumas acções destas têm justificação política.

    • Nuno Dias diz:

      Um texto que começa com um insulto antevê pouca inteligência das seguintes linhas.
      Por vezes tenho alguma dificuldade em destrinçar o que é ingenuidade de demagogia, pelo que, possivelmente ter-me-ei precipitado.
      Que justificação política tem uma manifestação de DEZ pessoas que interrompe uma ordem de trabalhos? Nuno, o que distingue o que eles e tu fizeram de aproveitamento político?

  22. paulo diz:

    nuno
    os cachopos vão a uma iniciativa do ps, que não é um evento do governo
    faz toda a diferença
    tinham todo o direito de´fora do recinto insultar o socrates e o ps até À 5 casa
    agora, dia 12 se eu for para o meu da amnif dizer que não concordo com a geração à rasca que acho que têm mais sorte que a gerações amteriores serei bem tratado

    duvido e se o CV lá estiver gulag em cima…

  23. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Nuno Dias,
    Concordo consigo, mas não fui eu que comecei a chamar demagógico ao outro.
    Volto a colocar-lhe as questões:
    1. É normal que PSPs pagos pelo erário público façam o papel de segurança numa iniciativa do PS?
    2. Eu sou favorável a determinadas acções para chamar atenção para causas. Acho que os jovens em questão cumpriram bem esse papel. Toda a gente voltou a falar da iniciativa.

    Mas isso não é estranho para mim, também sou favorável a acções em que atirem tortas a ministros, por muito que isso lhe pareça açucaradamente demagógico.

  24. Nuno Dias diz:

    1. A PSP é destacada a locais onde existe concentração de pessoas e onde há a possibilidade de conflito. Sim é normal.
    Poderá questionar a acção, não observei nada de especial.
    2. 10 pessoas numa manifestação indicia que não tem interesse.

    “também sou favorável a acções em que atirem tortas a ministros”
    Nem o anarquismo defende a falta de respeito. Politicamente o que representa isto?

  25. Nuno Ramos de Almeida diz:

    Nuno Dias,
    Você quer visivelmente desconversar.
    1. A PSP nunca é destacada para comícios, nem os seguranças do primeiro-ministro são capangas do PS.

    2. Aquilo não era uma manifestação, mas uma acção. Continue convencido que vão estar 10 pessoas na manif de dia 12 de Março, que ainda vai substituir o Pedro Sousa Pereira. É feito da massa que se fazem os ministros da propaganda do Iraque.

    3. Recuso-me a comentar parvoices. Leia sobre contestações e acções de rua e depois falamos. O respeitinho é para a mocidade portuguesa não é matéria de acção política.

  26. José Manuel diz:

    Já começo a perceber e a dar razão aos que incendiaram sedes de partidos de esquerda no verão quente…
    “Eu sou favorável a determinadas acções para chamar atenção para causas. Acho que os jovens em questão cumpriram bem esse papel. Toda a gente voltou a falar da iniciativa”

    E é verdade , na época , toda a gente falou da iniciativa …

    • Nuno Ramos de Almeida diz:

      José Manuel,
      Excelente comparação. É como comparar as acções dos ambientalistas que protestam contra cortes de árvores com incêndios criminosos. O meu amigo é um génio.

  27. menvp diz:

    Não é só pagar as dívidas que os governos fazem/deixam…
    A «democracia directa» não é solução… mas votar não é passar um ‘cheque em branco’!!!!!!
    Quem paga – vulgo CONTRIBUINTE – deve possuir o Direito à Transparência e o Direito ao Veto das despesas não consideradas prioritárias…

    PELO DIREITO AO VETO DE QUEM PAGA (vulgo contribuinte) blog: Fim da Cidadania Infantil.

Os comentários estão fechados.