Quais Homens da Luta, qual quê: humor a sério é na petição anti-eles

“Que porcaria, assim não saimos da cepa torta, sempre a perder todos os anos os festivais”

“RTP leva a musica mais eurovisiva para Alemanha! Leva a carla por favor!”

“Por favor, Sr Primeiro Ministro, faça uma lei em que os Portugueses sejam proibidos de votar”

(tudo tal e qual aqui, na petição Caluda! Semos Probes! Contra os Homens da Luta. Obrigada, Tiago Mota Saraiva, por me teres dado a conhecer esta pérola que tanto fez para melhorar o meu dia. Portugal é uma alegria!)

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

12 respostas a Quais Homens da Luta, qual quê: humor a sério é na petição anti-eles

  1. antónimo diz:

    eu cá também já fui assinar a petição. se formos muitos ainda tornamos a coisa mais divertida do que ela é. gosto de ver o pessoal a lutar por causas importantes

    • Morgada de V. diz:

      Tem razão, é nestas causas que é importante o povo unir-se.
      Levem a carla, por favor!

      • Pedro Penilo diz:

        Vamos lá ver se a Carla se deixa levar…

      • antónimo diz:

        Acho que o Chico Zé (O Viegas e não o dos Olhos Castanhos), o filho do Tareco e da Poetisa, o João Lopes e o Edu C. Torres também podiam assinar a petição, a ver se a coisa ao menos era discutida na assembleia de freguesia do Oriente. Assim com famosos, o dr. rui de carvalho também se podia juntar, a coisa engrossava. Ou a revolução crescia, como diria o Jel.

  2. Agora p’ra algo completamente diferente, e perdôem-me pela opinião, muito mais relevante…

    Desculpem estar básicamente na língua da ‘bifalhada’…

    Season of the Witch (2011)

    fab film with my all-time idol Nick Cage (real name Niccoló Coppola,a very fine actor, and yes he’s the nephew of the ever-so-great Francis Ford, and cousin of the fantastic girl Sophia of the same name.)
    A «dinasty» of sorts on the make, I’d say…

    😉

    http://www.imdb.com/title/tt0479997

    «trelha» aki:

    http://www.youtube.com/watch?v=i6QY5LOa6MM

    e a música (creio que o original é dum «mellow-yellow» qualquer, de seu nome Donovan Philip Leach (ou será “Leech” ?? 😉 ) mas aki resovi escolher a ‘cover da fab Julie Driscoll (Julie Driscoll, Brian Auger & The Trinity, that was pure magic…)

    Season Of The Witch (1968)

    http://www.youtube.com/watch?v=WpizS9h-1Xk

    Espere mais dois dias e depois vão ver, estreia aki a 10 deste mês , e portanto também há-de aparecer onde a M.d.V. se digne a viver…

    😉

  3. Quem é essa ‘cicrana’ M.dV. ? ?
    Estou completamente desactualizado ( e está o meu antigo prof. de Física III, de seu nome António Guterres a falar na AlJazeera sobre… pois ainda não entendi bem o quê, estou a ‘ver’ isso de costas voltadas…)

  4. A Carla não estou a ver quem seja (só pus os olhos na coisa a partir da antepenúltima, digamos assim, canção)… mas ainda deu para apanhar uma catraia de “hot pants” que, no estilo amazona do trottoir, me pareceu bastante eurovisiva.

    • Morgada de V. diz:

      Por acaso acho que estão a ser injustos com a Carla lá na petição A Cantiga da Eurovisão Não É Uma Arma, e que por baixo do ÚouÚouÚou electrónico, jaz uma letra com um subtexto altamente subversivo:

      Vieste à hora certa
      A pista está deserta
      Conto o teu segredo
      Já não tenho medo

      Fui bijuteria
      Hoje sei do meu valor
      Eu o melhor esperava
      Só contei com o pior

      Sobrevivo, não vivo
      Numa era perdida
      Eu consigo, consigo
      Não me vão derrubar

      Sobrevivo, não quero
      Uma vida vazia
      Recupero, e espero
      Nunca mais te encontrar
      Set me free, set me free

      Acham que os alemães não vão perceber aquele “set me free”?
      (calhando estarem a falar da outra Carla,
      levem as duas!)

  5. … e a amazona do trottoir era esta:

    http://www.youtube.com/watch?v=-Lwh4PK6eKo

    (creio que o título da canção tem uma gralha)

  6. Jesus meninos, agora chamam-se todas Carlas, Tânias, Vânias, Helgas, Vanessas, Sorayas or wtf ?
    Definitivamente, vou dar em bicha, agora mesmo. E arranjar um tipo qualquer que se chame… sei lá, Isabel ?

    🙁

  7. Justiniano diz:

    Ora, caríssima Morgada, quedo-me verdadeiramente entristecido com tal historial de derrota cancionesca! Profundamente imerecido face a tão nobre história! Aquaise mil anos de poesia musicada e cantada aos quatro ventos, tão nobres homens e valentias tamanhas para isto!! Enviar a tamanho certame, com o peso de tão nobre história, versejadores de tão desconchavado cantar!! É triste, verdadeiramente triste!! E caras tão lindas, para melhor nos merecer, que ali havia! Cantares de harmoniosa melodia! Tudo e tanto para bem do nome de Portugal! E do respeito ao elevado prestígio desse grande Festival, onde já nos fizemos representar por nomes incontornáveis da canção mundial, como, entre outros, a Tonicha e o Zé Cid!!
    Estamos de luto, achincalhado que foi o nome de Portugal!!

Os comentários estão fechados.