Isto vai

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

10 respostas a Isto vai

  1. João Valente Aguiar diz:

    Excelente iniciativa! Pessoalmente gosto mto de flash mobs bem feitos, o que é o caso.

    Abraço

  2. V. KALIMATANOS diz:

    Oh, dear, protesto “Laico e pacífico” , em letras gordas no cartaz a terminar para não criar confusões. Esta tuberculose crónica dos chavões da esquerda nunca mais a larga. “Laico”: sempre a darem uma palmadinha repreensiva na mão do religioso, como quem diz, “não tens cabeça, não abriste os olhos, andas com padres, não te mistures”. Receita para o insucesso bem merecido. Pura alienação do pessoal da reza, a materialmerda do costume ao serviço da alienação dos crentes. Até parece que estou a ver o Sócrates e os seus ministros a irem à missa todos os domingos de manhã!

    O que vocês deviam ter escrito no cartaz era “leigo”, pelo menos ainda deixava alguma liberdade a quem lhe parecesse melhor perceber ignorância nos organizadores.
    Quanto à não-violência e bons costumes, era mesmo isso que os gajos de Passos de Ferreira dos tasers queriam: vamos dar nos cornos destes gajos que eles são pacíficos e vão dar a outra face ainda com mais voluntarismo que os pios padrecas. Tem uma vantagem, no entanto, se houver ferimentos têm que pagar os curativos. Very exciting!

    Ainda há muito neste país para se aprender com os muçulmanitos. Toca a aprender a contar outra vez com números das arábias.

  3. Kostadinov diz:

    É só malta do bloco reformista :)))))))))))))))

  4. António Paço diz:

    Só um comentário lateral para o Tiago: «Isto vai!» era uma expressão usada pelo chefe dos camisas azuis, o fascista Rolão Preto. Ele acrescentava «por Deus»: «Isto vai, por Deus!» Como já tens usado várias vezes o «Isto vai!» (sim, leio – com agrado – os teus posts), achei que devia dizer-te isto.

    • Tiago Mota Saraiva diz:

      António, obrigado.
      Esta expressão está-me no ouvido. Quase que jurava, desta feita por Deus, que seria de um poema do Ary. Vou procurar.

  5. Tânia Vânia diz:

    Desejo sinceramente que um raio com bastante carga atinja a manifestação em causa porque uma geração que tem como hino esta música (?) não merece menos do que isso.

  6. Paulo Topa diz:

    É de um poema do Ary dos Santos chamado Futuro (maravilhoso). É só procurar no google

  7. Tiago Mota Saraiva diz:

    Aqui está ele:

    Isto vai meus amigos isto vai
    um passo atrás são sempre dois em frente
    e um povo verdadeiro não se trai
    não quer gente mais gente que outra gente.

    Isto vai meus amigos isto vai
    o que é preciso é ter sempre presente
    que o presente é um tempo que se vai
    e o futuro é o tempo resistente.

    Depois da tempestade há a bonança
    que é verde como a cor que tem a esperança
    quando a água de Abril sobre nós cai.

    O que é preciso é termos confiança
    se fizermos de Maio a nossa lança
    isto vai meus amigos isto vai.

    De Ary dos Santos

Os comentários estão fechados.