Do cravo ao jasmim

Roubado ao oblogouavida

Dia 12 e 19 de Março todos à rua para fazer do Marquês de Pombal a nossa Praça da Libertação!

Via Diário Liberdade

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

9 respostas a Do cravo ao jasmim

  1. gg diz:

    De que nos vamos libertar dia 12? dos políticos, de todos eles? e quem vai fazer política? ou vamos reclamar que sejam profissionais?

    quais os reais objectivos do dia 12?

    • subcarvalho diz:

      gg,
      você é daqueles que não faz política e espera que outros a façam por si? não pensa pela própria cabecinha ou precisa de gente “que decide se vai fazer cabeças de alfinete para a suécia..” ?

      • gg diz:

        os objectivos de dia 12 é que cada um pense pela sua cabeça?

        sub carvalho, na sua resposta vislumbro mais “um pense pela minha cabeça, não pense mais” que um apelo ao pensamento de cada um…

        dia 12 é uma acção colectiva, quais são os seus reais objectivos? sabe responder? se não sabe, esteja caladinho e não diga disparates!

        • subcarvalho diz:

          gg,
          os objectivos de dia 12 estão bem escarrapachados no manifesto. Se não sabe ler, peça à Gui para lhe fazer um desenho! E se foi possível chegar á convocação de uma manifestação do género, sem comités centrais, terá sido, precisamente, por cada um pensar pela sua cabeça.
          Já percebi que é daqueles que anula o indíviduo quando em colectivo. Paciência! Eu consigo fazer política em colectivo sem anular a minha individualidade. E não preciso de líderes nem chefes para decidirem por mim.
          E por favor, leia bem o que escreve antes de comentar o que quer que seja. No seu primeiro comentário questionou quem iria fazer política no caso de “despedirmos” todos os políticos. Eu simplesmente lhe peruntei se não tinha capacidades para pensar por si e decidir por si. Já percebi que não…méééééééé!!

        • Renato Teixeira diz:

          Onde é que eu já ouvi essa gg. Se pensas por ti pensas mal, quem pensa por ti é o comité central. Ora muito bem. Continuemos pois.

          • gg diz:

            o renato e o sub carvalho são responsáveis pelo estado a que o país chegou… eu não sou, sempre lutei e luto pela democracia no sentido amplo da palavra e do conceito.

            não me sito responsavel, nem luto contra pessoas , mas contra políticas, concretas.

            em relação á velha história do se pensas assim ou assado são tiros ao lado, não vale a pena ir por aí!

            por ter lido o manifesto, coloco as perguntas que coloco, mas, ao invés de obter respostas, oiço chavões de quem por vocês pensa, de forma tão sublime, que vos leva a pensar que pensamentos amplamente difundidos, são originais e produto de um pensamento individual…

            em relação ao “méé´” talvez tenha de resolver esse complexo de que era ovelha negra e queria ser uma minoria absoluta…

  2. xano diz:

    depois de paternalizar o movimento do facebook que convocou a manif para dia 12, o renato teixeira tenta colar-se à mesma.

    que lufada de ar fresco que é ver uma manif que não é organizada pelos mesmos ignóbeis de sempre.

    vem à manif renato, mas não te esqueças com não estamos lá para promover a tua agenda.

    • Renato Teixeira diz:

      Ui, a manif do dia 12 já tem serviço de ordem? Com direito a controlo virtual e tudo? Oh xaninho, a rua é de toda a gente, ou acha que é você o paizinho? Estarei dia 12 para dizer o que bem entendo, como 19, exactamente como sua excelência e esperemos que acompanhados por uma tonelada de gente.

  3. Daniela diz:

    “este país também é meu”?!

    E estas coisas (parece que lhe andam a chamar manif’s) de dia 12, para além de tanta idiotice que já foi por aqui apontada (por alguns poucos), agora também reivindicam o país?

    Já não bastava ser uma coisa para os jovenzinhos, agora também é para os portugueses (os meninos da manif desculpem, por não escrever tamanha palavra com letra maiúscula).

    Vá lá… a crítica não pode ficar só para as coisas que são muito distantes de nós.

Os comentários estão fechados.