A Praça de Tahrir (repensar o espaço público)

Abrindo a janela do meu computador sobre a Praça de Tahrir na cidade do Cairo (Al-Qāhira- A victoriosa) assisti, ao longo de 18 dias, à transformação do espaço da praça numa expressão colectiva, resultante da relação de tensões entre os que se manifestavam, a polícia, as forças armadas, as redes sociais que cruzavam informação e Mubarak.

A Cristina Salvador na Buala

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 Responses to A Praça de Tahrir (repensar o espaço público)

Os comentários estão fechados.