Abaixo o Renato Teixeira, por andar a dormir em serviço

…e não postar os linquinhos in a timely manner, obrigando-me a mim, uma calaceira com méritos firmados, a procurar sozinha os artigos do Robert Fisk (este e este de ontem, este e este de hoje). Shame on you!

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

3 respostas a Abaixo o Renato Teixeira, por andar a dormir em serviço

  1. Renato Teixeira diz:

    Camarada António não precisa recorrer ao pseudónimo para me titular duas vezes. Quanto ao Fisk tem toda a razão. Shame on me.

  2. Morgada de V. diz:

    Think again.

  3. Renato Teixeira diz:

    Outra e outra vez. Sempre a pensar. Ele há coisa que me tem mantido ocupado é este assunto e não estou nada convencido do carácter secundário das organizações islâmicas. Claro que sabemos a sua natureza e desconfiamos das suas intenções, sabemos que não querem nada lindo como sonhamos nós aqui e o Fisk em Beirute, agora é muito difícil olhar para a Praça Pérola ou para a Praça Tahrir e ver ali a revolução laica e socialista com que se vai sonhando, e cujo sonho é sempre maior à medida que aumentam a distância da realidade e dos acontecimentos. Sabemos que as direcções islâmicas, mesmo as que cumprem um papel na luta anti-imperialista, olham para este extravasar com receio que algo cresça demasiado rápido na sua sombra (e estão por isso prontos para negociar até com o Suleiman), mas hoje por hoje e em qualquer dos países da revolta, o Hezbollah, o Hamas, os Talibans ou mesmo os Ayatollahs, têm um prestígio que há muito perderam europeus e norte-americanos.

    De alguma maneira, esta imagem e este vídeo são bem reveladores do que estou para aqui a falar.

    http://5dias.net/2011/02/11/vitoria-a-revolucao-e-o-caminho/

    http://5dias.net/2011/02/19/esta-a-silhueta-da-revolucao-a-mudar-contra-o-khalifa/

Os comentários estão fechados.