How Deep Is The Ocean, How High Is The Sky

How big is the scapegoat: Vasco Pulido Valente, aqui, diz que a “estratégia antimonopolista” da política económica de 75 contribuiu para a estagnação da economia portuguesa “durante quase quinze anos”: é a variante reaccionária daqueloutra tese (mais razoável, ainda que obviamente insuficiente) que explica os males da pátria por efeito da “longa noite”: o PREC tem as costas muito largas. Há uns anos, o Economist fez um suplemento sobre o Brasil, onde alguém explicava que o grande país sul-americano era perseguido pelo pecado original de ter nascido português; com um piquinho de chauvinismo e alguma graça, um compatriota nosso escreveu para lá, argumentando que os portugueses não podiam ter sido assim tão maus: afinal, se, quase 200 anos depois da independência, continuavam a justificar os problemas do Brasil, isso queria dizer que tinham conseguido inventar o maior bode expiatório da história.

Sobre António Figueira

SEXTA | António Figueira
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a How Deep Is The Ocean, How High Is The Sky

  1. resumo diz:

    vasco pulido valente garrafão do Cartaxo.Esse gajo é lixo!

  2. resumo diz:

    Passou o tempo a criar os substratos onde se iam desenvolver q nem cogumelos no BCP,BPN,BPP e outras merdas-dias loureiros,coimbras e toda a escória do psd/ppd sem falar,no presidente de todos os 23.5% dos portugueses.Isto está a prcisar de uma grande vassourada

Os comentários estão fechados.