“Sweet dreams are made of this, who am I to disagree?”

Depois do choque, o coma. Será o exílio do Hosni Mubarak e do Ben Ali no quarto de hospital do Ariel Sharon?

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

2 respostas a “Sweet dreams are made of this, who am I to disagree?”

  1. Luís Teixeira Neves diz:

    Tanta maldade…

  2. Ernst Von Superavit diz:

    Ora bem…
    ….vejamos…
    Durante décadas a fio esta panóplia de regimes esteve no poder e…NADA.
    De repente, num frémito súbito, o mundo muçulmano começa em ebulição.
    Primeiro a Tunísia e alastrando de forma rápida a outros países.
    Balanço (até agora):
    – Tunísia: regime mudado – situação instável e incógnitas quanto ao futuro
    – Egipto: regime mudado – situação instável e incógnitas quanto ao futuro
    – Jordânia: manifestações (até agora num registo de menor intensidade) e situação política instável
    – Síria: alguns protestos (de baixa intensidade até agora) e situação política que já conheceu mais solidez
    – Irão: manifestações de alguma intensidade. Tensão política.
    – Yemen: amotinação em curso
    – Bharein: amotinação em curso
    – Líbia: tudo indica uma eminente amotinação
    – Djibouti: já notícias de alguns protestos

    – Hosni Mubarak: há não juito tempo gozava de perfeita saúde, agora parece que nem por isso
    – Ben Ali: há não juito tempo gozava de perfeita saúde, agora parece que nem por isso

    E tudo isto acontece, naturalmente, de forma “espontânea” (lembraram-se, de repente), claro, pois, é óbvio.
    Sim, sim, mais que óbvio.

    Conclusão: há quem pareça não aprender nada com a História e pareça confundir a realidade com os seus desejos.

    É mais difícil controlar 3 pessoas do que manipular 3 milhões.
    As acções de multidão sempre foram, ao longo da História, um “fenómeno” extraordinário.

Os comentários estão fechados.