Já agora alguém me esclarece que órgão do BE aprovou a decisão dos seus deputados proporem uma moção de censura?

Bem sei que a Mesa Nacional do BE reuniu no dia 5 de Fevereiro com estas conclusões, e até admito que tenha sido pedido segredo a todos os seus dirigentes quanto a esta questão. O que me parece mais estranho é que no dia seguinte à reunião do órgão máximo do BE entre Convenções, Louçã tenha dito o seguinte:

“Sabemos que no dia em que estamos a discutir não tem qualquer utilidade prática a apresentação de uma moção de censura”

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

6 respostas a Já agora alguém me esclarece que órgão do BE aprovou a decisão dos seus deputados proporem uma moção de censura?

  1. Antónimo diz:

    deve ter sido o dr. almeida santos lá deles

  2. rms diz:

    Foi o órgão máximo do BE que decidiu: Francisco Louçã. http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=12&id_news=493582

    Em declarações à agência Lusa, Gil Garcia, do movimento Ruptura/FER – corrente minoritária do BE e crítica da direção — afirmou que a declaração política da última Mesa Nacional, que teve lugar no passado sábado, não faz qualquer referência a uma moção de censura a apresentar ao Governo e que, nessa reunião, a liderança do partido a descartou.

  3. miguel diz:

    Foi o mesmo que decidiu apoiar a candidatura de Manuel Alegre.

  4. Bolota diz:

    A Avaliar pela reacção do deputado Pureza, mais me parece que a moção é obra do calor da luta…do tipo não és capaz de me molhar a orelha.

    Simplesmente bacocoooooooooooooooooooooooooooooo esta nossa politica e politicos. a diferença é que era suposto governarem para o povo…o povo essa

  5. o grupo parlamentar no be deve contar como organismo de direcção.

  6. Leo diz:

    Qual a coisa qual é ela que antes de o ser já o era: a moção de censura do BE!

    http://foicebook.blogspot.com/2011/02/qual-coisa-qual-e-ela-que-antes-de-o.html

Os comentários estão fechados.