Votará o Bloco a favor da sua própria moção?

«Sabemos que no dia em que estamos a discutir não tem qualquer utilidade prática a apresentação de uma moção de censura», Francisco Louçã, há 6 dias atrás, a propósito de uma possível moção de censura do PCP.

Clique e divirta-se.

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , , . Bookmark the permalink.

10 respostas a Votará o Bloco a favor da sua própria moção?

  1. Rui Gonçalves diz:

    O que é que pensará o Manuel Alegre acerta do assunto, o que mudou no País desde a campanha eleitoral, será que o Bloco, o Alegre e o PS discutiram os termos da moção entre comícios.
    Está tudo doido?

  2. Bolota diz:

    Pedro,

    A isto chamo eu calvagar a onda como o BE é mestre.
    Parasita tambem não lhe fica mal.

    Mas tambem não percebo porque é que o PCP sai sempre enrolado nas suas proprias iniciativas. De enrolanço em enrolanço não saimos da ser pra torta

    • Pedro Penilo diz:

      O PCP – de que se diz cobras e lagartos a propósito de democracia interna – vai decidir sobre isso no seu orgão colegial máximo, o Comité Central. E uma vez tomada a decisão, pode ter a certeza de que é para ir para a frente e com consequência.

  3. Portela Menos 1 diz:

    Cinco Dias a fazer de Portal do PS; isto está bonito!

    • Pedro Penilo diz:

      Não, caro Portela Menos 1, os desenhos animados são mesmo da Warner Bros. São velhinhos, já rosados na cor, é certo, mas cheios de pica. E não têm culpa de nada, nessa altura ninguém sabia que o Bloco ia dar nisto.

      • Portela Menos 1 diz:

        pergunta: já leu, entretanto, o que disse hoje na AR Jerónimo de Sousa acerca da moção do BE?

        • Pedro Penilo diz:

          Diga lá, Portela! É que o Jerónimo hoje até disse bastantes coisas.

          O que eu sei, é que respondeu de modo muito diferente do de Louçã há uns dias atrás: admitiu a sua aprovação, depois de conhecidos os seus fundamentos.

      • Bolota diz:

        Pedro,

        Depois de ouvir o esclarecimento do João Oliveira no “corredor do poder” tornasse tudo mais claro.

        o que o BE fez, foi mesmo um golpe traiçoeiro

        • Leo diz:

          “o que o BE fez, foi mesmo um golpe traiçoeiro” ???

          Não dramatizemos a habitual tendência do Louçã em particular e do BE em geral para o plágio. Isso está-lhe no ADN, não há mesmo nada a fazer… Um gajo que teve a lata de plagiar o Chossudovsky não tem emenda.

Os comentários estão fechados.