PS e PSD contra a libertação do povo egípcio

Na Assembleia da República estes dois partidos (com a oportunista abstenção do CDS) acabam de rejeitar um voto de saudação à luta pela libertação do povo egípcio. Em versão Deolinda: Que mundo tão parvo/que deixa estes gajos/continuar a mandar.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.