Greve geral na Galiza, País Basco e Catalunha


Enquanto as centrais sindicais espanholas CC.OO. e UGT chegam a acordo com o governo sobre a nova idade da reforma, espalha-se a luta na Galiza e no País Basco. No país vizinho, até ao momento, registaram-se dezenas de detidos. Os operários galegos, conhecidos pela sua combatividade, cortam estradas com barricadas. Chegam informações de que os sindicatos espanhóis estão a tentar furar a greve. No País Basco, é no sector da indústria que se verifica uma maior paralisação. Três pessoas acorrentaram-se na estrada de acesso à fábrica da Volkswagen (vídeo da acção), posto de trabalho de centenas de pessoas ameaçado pela deslocalização. Podem acompanhar a greve geral galega em Diário Liberdade e a greve geral basca em Gara. O Kaosenlared acompanha as greves galega, basca e catalã.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

11 respostas a Greve geral na Galiza, País Basco e Catalunha

  1. lingrinhas diz:

    “centenas de postos de trabalho em perigo por causa da deslocalização” mas esse não foi o resultado da politica da cgtp/pcp na fabrica da azambuja?

  2. Antonio Mira diz:

    Bruno, acho de um excessivo mau gosto que me tenhas roubado a posta.

    Obrigado!

  3. Manuel Monteiro diz:

    Este é o caminho: romper com as direcções reformistas dos sindicatos e vir para a rua lutar.
    Manuel Monteiro

  4. Tiago Mota Saraiva diz:

    Como estes companheiros galegos demonstram, não se pode deixar cair “a Internacional” do movimento sindical.

  5. xatoo diz:

    quais são as hipóteses da “internacional sindical” lutar contra a Volkswagen (a Bayer, a Siemens ou o MacBurguer)?… quanto mais lutam (se lutassem) mais essas multinacionais se mudam para sitios onde não se luta, onde os Estados-Clientes do imperialismo aspiram à sua entrada em nome de progresso, uma vez que o rendimento desse povos que controlam ainda é muitissimo baixo
    Esta é a principal contradição do nosso tempo… e propostas de debate sobre este assunto seriam proficuas, em vez da mera luta pela luta, que é uma acção facilmente esvaziada pela policia de choque

  6. Pacholin diz:

    GREVE GERAL EUROPEIA JÁ…E DEIXEMO-NOS DAS CAPELINHAS!!!

    • Morcego diz:

      Acho que sim!…Entretanto, vai-se fazendo alguma coisa para contrariar a passividade.

      Um abraço fraterno para os camaradas do estado espanhol…e, por uma questão de afecto e (muita!) proximidade para os companheiros galegos.

Os comentários estão fechados.