IMPUGNAÇÃO

Mas qual é a dúvida?

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged . Bookmark the permalink.

17 respostas a IMPUGNAÇÃO

  1. antónimo diz:

    ómãi, e então os mercados?

  2. Bolota diz:

    Não é suposto o cartão do cidadão ter uma leitura electronica??? No pais do Magalhães utilizar um catão electronico ( pelo menos tem chip) como uma cedula pessoal se tratasse…

    IMPUGNAÇÃO??? Nem qua a vaca tossa

  3. E quem é que é o PUG (Portugueses Unidos Galhofeiros? Portugas Uniformemente Geridos?

    e os PEA Portugas Em Auto-Gestão

  4. In PUG NAÇÃO
    QUEM Não Tem CÃO
    Caça com Gato

  5. só caça RATO (Reaccionários Atávicos Trombudos Orgulhosos

    obviamente

  6. JDC diz:

    Mas fala por desejo ou porque conhece a lei?

  7. resumo diz:

    Eu pensava era porque o candidato que nunca se engana está metido com amigos da SLN/BPN,etc…mas,isso são minudências.

  8. resumo diz:

    VITÓRIA da SLN!!!PARABÉNS, aqui está um grupo empresarial de sucesso.
    Para as próximas espero que seja entra a SLN e o Atum Tenório!

    • antónimo diz:

      eu espero que se o Sócas teve o Bernardo Ferrão à perna com questões sobre o fripór, agora os jornais metam alguém à perna do Cavaco por causa da sisa da praia da coelha e da mariani.

  9. A lei serve-te? Segundo um acordão do Supremo Tribunal apenas há lugar a impugnação e repetição de eleições quando as irregularidades são superiores à diferença entre os candidatos e neste caso, entre a vitória numa primeira volta ou ida à segunda volta.

    • Renato Teixeira diz:

      Se a lei diz isso está errada. Para mim um acto eleitoral em que um eleitor tenha sido impedido de votar por razões burocráticas deve ser impugnada. Ou a constituição não fala na representação de “todos os cidadãos”?

    • Ze de Fare diz:

      E você sabe avaliar quantas pessoas não puderam votar por não terem o nº de eleitor? É que nem a Comissão Nacional de Eleições sabe!

  10. catarina diz:

    Esses 6,3… %, necessários para a impugnação, equivalem a uns 120.000 eleitores. ou estarei a fazer mal as contas?

  11. helder diz:

    Em meados de Novembro fui “abrir” uma empresa. A funcionária, muito eficiente, pediu-me o cartão e enfiou-o sem cerimónias no pc. Começou a debitar dados que a dada altura me levaram a olhar em volta, com receio que fosse dizer ali, em voz alta, as minhas taras e preferências sexuais.
    Hoje, com o mesmo cartão, para votar tive que correr 3 mesas de voto, foi o cabo dos trabalhos para saberem quem eu era.

  12. Renato Teixeira diz:

    Das oito pessoas presentes no meu café da manhã, metade desistiu de votar por causa do sucedido. Democracia imaculada, é o que é.

Os comentários estão fechados.