Ousar sonhar, ousar lutar, ousar afundar de vez a candidatura do governo Sócrates e o MRPP!

Quando tudo parecia perdido para que o povo aderisse à Frente Popular que a candidatura do Alegre queria ser, eis que o MRPP e o Garcia Pereira se juntaram ao barco. Quem faz isto à Internacional, só pode ser recebido de braços abertos entre a Rua da Palma e o Largo do Rato. O albergue que pariu Durão Barroso tem muitos anos de história mas não terá grande futuro.

Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

20 respostas a Ousar sonhar, ousar lutar, ousar afundar de vez a candidatura do governo Sócrates e o MRPP!

  1. Bruno Carvalho diz:

    Outros cumprem hoje o papel que o MRPP desempenhou noutros tempos. São os mais radicais e os mais genuínos revolucionários que têm na sua acção a prioridade de combater o PCP. Também os veremos um dia a apoiar as forças de direita.

    • António Paço diz:

      Bruno, cuidado com o Partido com Telhados de Vidro: há muitos ex-«radicais e genuínos revolucionários» que hoje apoiam as forças de direita provenientes do PCP. Provavelmente mais do que os vindos de qualquer outra força política.

  2. Renato Teixeira diz:

    O PCP faz a sua parte a pedir umas “marradinhas de amor” de vez em quando. Tens razão sobre quem centra a acção política a “malhar no PCP”.

  3. daf diz:

    Houve tempos em que apoiaram o Eanes…

  4. Doutor diz:

    Quem o PCP?

  5. Manuel Monteiro diz:

    Já estava com saudades de uma direitada dos grandes educadores da classe operária…
    Manuel Monteiro

  6. xatoo diz:

    o Renato anda a fazer o pleno das análises sobre pressupostos errados – a questão do MRPP tem sempre de ser vista à luz da possibilidade de Soberania do país e da Independencia nacional (foi o caso do apoio a Eanes, em detrimento da tese da colónia social imperialista russa)
    Ele e outros pseudo radicais parece não quererem compreender que o controlo e dependência do país pelos investidores estrangeiros – sob a alta égide dos nossos “representantes” fantoches dos partidos do Poder que agora nos vendem como Estado-cliente do imperialismo americano – são a causa principal dos males que nos afectam na criação de uma possivel comunidade autónoma

    ps: o gag do Barroso/mrpp já enjoa, por ser falho de verdade. De facto Barroso nunca chegou a pertencer ao comité organizador do movimento. Foi um jovem arrivista, arruaceiro e pilha-mobilias, que nunca ascendeu acima de “activista” da juventude simpatizante com o partido. Como aquilo sem sacrificios pessoais não dava nada, fez-se à vida. É coisa dentro do mesmo espirito do Daniel Oliveira em relação ao pcp

  7. a anarca diz:

    Votar branco ou abster-se será o mesmo que votar no Cavaco ou no Alegre 🙂
    Deixem-se de dúvidas metódicas votem no Chico Lopes .

    • Renato Teixeira diz:

      Ó anarca, não alinhe nesse peditório. Os brancos, os nulos e a abstenção não decidirão apoios críticos caso haja segunda volta.

      • JMJ diz:

        F***-se Renato!!

        ainda com a conversa dos “apoios” na 2ª volta?

        Já se percebeu que o Renato, como o BE, apostou numa estratégia para estas eleições. Como saiu furada, agarra-se a essa converseta da treta dos “apoios” à 2ª volta….

        Até Domingo ainda lerei o Renato dizer que não vota Francisco Lopes “porque não”, cruzando os braços, frisando o sobrolho e fazendo beicinho. Vai manter essa birrinha da segunda volta até ao fim?

        Oh Renato não amue, vote em quem mude!!

  8. Rui F diz:

    Bem me parecia que o MRPP é mais progressista que o PC.

    Sempre foi.

  9. Só um pequeno reparo lateral: “Ousar lutar, ousar vencer” foi uma coisa que o meu falecido amigo João Isidro foi surripiar ao ROFLMAO (cóf, cóf) Tsé-Tung ou ZeDong, nos tempos idos de 71, seguindo-se à direccçao associativa da AEFDL de 70 (Eduardo Lobo, Guerra et al, slogan “Por uma Universidade Popular”).
    Eleições, o PêQuêPê versão estudantariado era chutado p’ra canto desde aí… (pois , os idiotas queriam negociar com não sei bem o quê com não sei que mais, cobardolas de primeira água…)
    🙂

Os comentários estão fechados.