Duas cigarras sobre a direita dos submarinos, da Portucale e da xenofobia, das putas, do vinho verde e do crucifixo.

“via” Coro da Achada

Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

7 respostas a Duas cigarras sobre a direita dos submarinos, da Portucale e da xenofobia, das putas, do vinho verde e do crucifixo.

  1. Pingback: O sonho molhado da versão beata da direita radical | cinco dias

  2. poispois diz:

    foda-se dá muito trabalho, caguei comentar

    • Renato Teixeira diz:

      Poucos comentários me provocaram o sorriso que o comentário do poispois foi capaz. Ainda bem que se deu ao trabalho! 🙂

  3. «Weeds».
    Love it, and the black guy and Mary-Louise Parker above all…

    🙂

  4. E numa nota absolutamente marginal bosselências pensavam que em Cascais éramús todos fachos ? Desenganem-se.
    ‘Isto’ já acabou, mas fex escola, é uma das maiores canções anarquistas de sempre.
    Ah, e nenhum de nos foi infiltrado por quem que quer que seja, recado para a Pêcêzagem que adora esse leitmotiv.
    A minha única inveja é que eu tenho 1,82m de altura, e o Miguel me supera aí por uns 10 centímetros… Vá que não vá, o Fernando Cunha é mais baixo que eu…

  5. ccrux diz:

    Direita das putas ? Em contraposição à esquerda dos putos Casa Pia ?

Os comentários estão fechados.